quarta-feira, abril 30, 2008

PALPITES - 1ª.JORNADA - MAIO

.
COMEÇA ESTE FINAL DE SEMANA
O ULTIMO CONCURSO DESTA ÉPOCA
TERÁ APENAS 3 JORNADAS, TENDO
COMO ULTIMOS JOGOS AS FINAIS
DA TAÇA DE PORTUGAL E A DA
CHAMPIONS.

NA BOX VÃO ESTAR 16 CONCORRENTES
8 benfiquistas
7 sportinguistas
1 atlético
.
JOGOS
.

AMADORA-BENFICA./.PORTO-NACIONAL./.P.FERREIRA-SPORTING./.BELEN-GUIM.
.
Carmen............0-3....3-0....1-1....2-0
Vitor...............0-4....4-0....1-0....3-0
Pedro Pereira....1-1....4-0....2-0....2-0
Pedro G.Vaz......0-1....1-1....0-2....1-1
Peixoto...........0-2....3-1....2-1....2-1
Mendonça.........1-3....2-0....1-2....2-1
Herdeiro.........1-2....3-0....1-2....2-1
Azevedo..........0-2....3-0....1-2....1-1
João Roque.......0-2....2-0....2-1....1-1
Leonor.............0-1....1-0....0-3....1-1
Cotrim.............1-3....2-0....1-1....3-2
Miranda............0-2....4-0....1-1....2-1
Nuno Matos........0-2....2-0....1-1....2-2
Francisco..........0-1....2-0....0-1....1-0
Valente............1-1....2-0....0-1....1-1
Tiago..............1-2....1-1....0-2....3-1

Lembro o historial do que têm sido os concursos até agora:


A FILIPA CONTINUA A SER A QUE MAIS PÓDIOS CONSEGUIU
O NUNO MATOS E O MENDONÇA OS QUE MAIS VEZES VENCERAM - 3

1º. - concurso do campeonato da época de 2004/5 (12 concorrentes)
De Outubro a Maio
.
1.TERESA PEREIRA....130..(PORTO-AMÉRICAS)
2.Miranda..............136..(BENFICA-AMÉRICAS)
3.Francisco............140..(SPORTING-EUROPA 2)
.
No 2º..Concurso, que decorreu nos meses de Setembro de Outubro desse
ano , foi este o resultado do Pódio (15 concorrentes)
.
.1.MIRANDA.....................38.../AMÉRICAS/BENFICA
...NUNO MATOS..................38../DOMESTICOS/BENFICA
2.Filipa.......................39./QRL/BENFICA
..Susana Palha.................39../DOMESTICOS/BENFICA
3.Ligia........................40.../AMERICAS/BENFICA
..Fernando.....................40.../EUROPA 2/BENFICA
.
No 3º. que decorreu nos meses de Novembro e Dezembro:(18 concorrentes)
.
1.RITA...............35../..QRL/SPORTING
2.Felipa.............40,,/..QRL/BENFICA
..Pedro G.Vaz........40../..LISRY/BENFICA
3.Ligia..............42../..AMERICAS/BENFICA
.
No 4º. concurso de Janeiro e Fevereiro (22 concorrentes)
1..VITOR SANTOS...........47../SQQ/ATLETICO
2..Francisco..............49../AFRICAS/SPORTING
3..Rita...................50../EUROPA 1/SPORTING

no 5º. e ultimo DA ÉPOCA foi assim:
1..FILIPA....................40../DOMESTICOS/BENFICA
2..Nuno Paiva................55../GRP.DESK/BENFICA
3..Rita......................57.. EUROPA 1 SPORTING

No 1º,concurso da época seguinte, , com 17 concorrentes o pódio ficou assim:

1.LIGIA.............36../CH,REV-BENFICA
2.Filipa............40../DOMESTICOS-BENFICA
..Leonor............40../GROUP DESK-BENFICA
3.Filomena..........42../AVAILABILITY-SPORTING
..Peixoto..........42../EX-RC-BENFICA

No 2º.Concurso dessa época finalizado em Dezembro a vitória foi do NUNO PAIVA, com o 2º. o o 3º. a serem ocupados pelas residentes habituais a FILIPA e a LIGIA...

1.NUNO PAIVA.......19..(GR.DESK/BENFICA)
2.Filipa...........24..(DOMESTICOS/BENFICA)
3.Ligia............28..(CH.REV/BENFICA

No 3º.Concurso (19 concorrentes) que acabou na semana passada foi assim:

1.NUNO MATOS.....43..(AMERICA/BENFICA)
2.Peixoto........47..(EX-RC/BENFICA)
3.Ligia..........49..(CH.REV/BENFICA)

No 4ª.Concurso(20 concorrentes)

1.FILIPA..........31..(DOMESTICOS/BENFICA)
2.Nuno Matos......32..(AMERICAS/BENFICA)
3.João Roque......33..(TAP-GENEVE/SPORTING)

No 5º. e ultimo desta época (21 concorrentes)

1.CARMEN..........21..(SQQ/BENFICA)
2.Leonor..........22..(GRP.DESK/SPORTING)
3.Mendonça........23..(EX-RC/SPORTING)

Nesta época acaba de se disputar o 1º.concurso, o de SETEMBRO Com 14 concorrentes com a vitória final da LEONOR e LIGIA

1.LEONOR........13..GRP.DESK/SPORTING
..LIGIA...........13..CHE.REV/BENFICA
2.Herdeiro......15..EX-RC-REV/SPORTING
3.João Roque....21..TAP-GENEVE/SPORTING

O concurso de Outubro teve 16 concorrentes e o seguinte resultado:


1.NUNO MATOS....24....AMERICAS/BENFICA
2.Azevedo.......26....EX-RC/LISRY/SPORTING
..Carmen........26....BACKOFFICE/BENFICA
3.Herdeiro......29....EX-RC/REV/SPORTING

No mês de NOVEMBRO triunfou o MENDONÇA num concurso com 18 concorrentes

1.MENDONÇA.....34..EX-RC-LISRY/SPORTING
2.Azevedo........35..EX-RC-LISRY/SPORTING
3.Cotrim..........37..GRP.DESK/BENFICA
..Peixoto.........37..EX-RC/BENFICA

Em Dezembro voltou a vencer o MENDONÇA também com 18 concorrentes em disputa

1.MENDONÇA.......25..EX-RC-LISRY/SPORTING
2.João Roque.....26..TAP-GENEVE/SPORTING
3.Herdeiro.......27..EX-RC-REV/SPORTING

Em JANEIRO com 17 concorrentes foi assim:

JANEIRO
.
1.TIAGO...........21..PRICING-EUROPA2/BENFICA
2.Pedro Pereira..25..BACKOFFICE-AVAILABILITY/BENFICA
3.Peixoto..........27..EX-RC/BENFICA

FEVEREIRO (18 CONCORRENTES)
.
1.VITOR SANTOS....25..BACKOFFICE-SQQ/ATLETICO
2.Azevedo........26..EX-RC-LISRY/SPORTING
3.Peixoto.......27..EX-RC/BENFICA

MARÇO (18 CONCORRENTES)
.
1.TIAGO..............34..PRICING-EUROPA2/BENFICA
2.Cotrim............35..GRP.DESK/BENFICA
..Carmen...........35..BACKOFFICE-SQQ/BENFICA
3.Leonor............36..GRP.DESK/SPORTING

ABRIL (18 CONCORRENTES)

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CONCURSO DE ABRIL

1.MENDONÇA......41..EX-RC-LISRY/SPORTING
2.Francisco.........45..AFRICAS/SPORTING
..João Roque......45..TAP-GENEVE/SPORTING
3.Cotrim............47..GRP.DESK/BENFICA

Em síntese, até agora temos 2 tricampeões - o NUNO MATOS e o MENDONÇA
a FILIPA é a que tem mais pódios é a que tem mais pontos na relação "pódios-pontos"


SE ATRIBUIRMOS 3 PONTOS
AOS VENCEDORES
2 AOS 2º.classificados
e 1 ponto aos 3º.s
TERÍAMOS UMA COTAÇÃO
COMO ESTA:

A FILIPA A QUE MELHORES RESULTADOS TEM OBTIDO NOS NOSSOS PALPITES

FILIPA .....14
Nuno Matos..11
Ligia.......10
Mendonça....10
Carmen.......7
Vitor Santos.6
Azevedo......6
Peixoto......6
Tiago........6
Leonor.......6
João Roque...6
Francisco....5
Miranda......5
Rita.........5
Nuno Paiva...5
Cotrim.......5
Herdeiro.....4
Teresa Pereira..3
Pedro Pereira...2
Leonor..........2
Susana Palha....2
Azevedo.........2
Mendonça........1
Fernando........1
Filomena........1


Os DOMESTICOS com ...4 vitórias
As AMERICAS com .....4
BACKOFFICE-SQQ...... 3
GRP.DESK.............2
LISRD................1
EX-RC................3
PRICING/EUROPA 2.....2

Benfiquistas com 10 vitórias
Sportinguistas com 5
Atletico com 2
Portistas com 1

WORLD PRESS CARTOON DE SINTRA

.

REALIZOU-SE EM SINTRA O
WORLD PRESS CARTOON 2008


ESTE CARTOON VENCEU O 1º.PRÉMIO DO CERTAME .

Rainer Ehrt venceu 4º World Press Cartoon em Sintra


O artista alemão Rainer Ehrt venceu o grande prêmio do 4º World Press Cartoon, realizado em Sintra (região de Lisboa), com um retrato da União Européia (UE) representada como uma Torre de Babel.
"Torre de Bruxelas", publicado no jornal alemão Eulenspiegel em março de 2007, recria a famosa obra "Torre de Babel", de Pieter Bruegel, habitada nesta versão do século 21 por representantes dos 27 Estados-membros da UE.
"É uma representação do alargamento [ocorrido em 2007] e é a idéia de uma União Européia que se vai construindo peça a peça", disse à Agência Lusa o cartunista António, que presidiu o júri de atribuição dos prêmios do World Press Cartoon.
Com esta mesma obra, Rainer Ehrt, de 48 anos, venceu ainda na categoria de charge editorial.
O júri desta edição foi constituído por António Antunes, Cássio Loredano, Carlos Brito, Hemant Morparia e Habid Haddad.
Os prêmios foram entregues na sexta-feira são divididos em três categorias: charge editorial, desenho de humor e caricatura, aos quais se junta o grande prêmio, no valor de 20 mil euros
Na edição deste ano, o festival contou com a participação de 395 cartunistas de 67 países, somando 766 trabalhos.

preliminares

.
Pedro e Maria estão num vôo para a Austrália, para comemorarem o seu 40º aniversário de casamento.
De repente, o comandante anuncia pelos alti-falantes:
- Senhoras e senhores, tenho notícias muito más. Nossos motores estão parando de funcionar e vamos tentar uma aterragem de emergência. Por sorte, estou vendo uma ilha não catalogada nos mapas logo abaixo de nós e vamos tentar aterrar na praia.
Ele aterrou com êxito, mas avisou os passageiros:
- Isto aqui é o fim do mundo e é muito provável que nós não sejamos resgatados e tenhamos que viver nessa ilha para o resto das nossas vidas!
Nessa hora, Pedro pergunta à mulher:
- Maria, entregou o nosso IRS antes de viajarmos?
- Ai, perdoa-me Pedro. Eu esqueci-me completamente!
Pedro, eufórico, agarra a mulher e afinfa-lhe o maior beijão de todos os 40 anos de casamento. A Maria não entende e pergunta:
- Pedro! Porque me beijou desta maneira?
E ele responde:
- Eles vão encontrar-nos!!!

a 30 de Abril foi constituída a OEA

.
Organização dos Estados Americanos

A Organização dos Estados Americanos (OEA) é uma organização internacional criada em 1948, com sede em Washington (Estados Unidos), cujos membros são as 35 nações independentes das Américas.

Desde 26 de Maio de 2005 seu secretário-geral é o chileno José Miguel Insulza.


Histórico
A Organização dos Estados Americanos foi fundada em 30 de abril de 1948, constituindo-se como um dos organismos regionais mais antigos do mundo. Com 21 países signatários, entre eles o Brasil, reunidos em Bogotá, Colômbia, assinaram a Carta da Organização dos Estados Americanos, onde a organização definia-se como um organismo regional dentro das Nações Unidas. Os países-membros se comprometiam a defender os interesses do continente americano, buscando soluções pacíficas para o desenvolvimento econômico, social e cultural.

Em 11 de setembro 2001 foi assinada a Carta Democrática Interamericana entre todos os países-membros da OEA. Este documento visa a fortalecer o estabelecimento de democracias representativas no continente.

Secretários-gerais
Alberto Lleras Camargo (Colômbia) 1948-1954
Carlos Dávila Espinoza (Chile) 1954-1955
José A. Mora (Uruguai) 1956-1968
Galo Plaza Lasso (Equador) 1968-1975
Alejandro Orfila (Argentina) 1975-1984
João Clemente Baena Soares (Brasil) 1984-1994
César Gaviria (Colômbia) 1994-2004
Miguel Ángel Rodríguez (Costa Rica) setembro-outubro 2004
Luigi R. Einaudi (EUA) secretário-geral interino, outubro 2004 a maio de 2005.
José Miguel Insulza (Chile) maio de 2005 aos dias de hoje

Objetivos
A Organização dos Estados Americanos foi fundada em 30 de abril de 1948, constituindo-se como um dos organismos regionais mais antigos do mundo. Com 21 países signatários, entre eles o Brasil, reunidos em Bogotá, Colômbia, assinaram a Carta da Organização dos Estados Americanos, onde a organização definia-se como um organismo regional dentro das Nações Unidas. Os países-membros se comprometiam a defender os interesses do continente americano, buscando soluções pacíficas para o desenvolvimento econômico, social e cultural.

Em 11 de setembro 2001 foi assinada a Carta Democrática Interamericana entre todos os países-membros da OEA. Este documento visa a fortalecer o estabelecimento de democracias representativas no continente.

Atualmente, a OEA conta com 35 estados-membros que, a partir de 1990, definiram como prioridade dos seus trabalhos o fortalecimento da democracia e assuntos relacionados com o comércio e integração, controle de entorpecentes, repressão ao terrorismo e corrupção, lavagem de dinheiro e questões ambientais. Mazelas comuns a certos membros da OEA, inclusive EUA.

Países-membros

Antigua e Barbuda - 1967
Argentina - 1948
Bahamas - 1982
Barbados - 1967
Belize - 1991
Bolívia - 1948
Brasil - 1948
Canadá - 1990
Chile - 1948
Colômbia - 1948
Costa Rica - 1948
Cuba - 1948
Dominica - 1979
El Salvador - 1948
Estados Unidos da América - 1948
Equador - 1948
Granada - 1975
Guatemala - 1948
Guiana - 1991
Haiti - 1948
Honduras - 1948
Jamaica - 1969
México - 1948
Nicarágua - 1948
Panamá - 1948
Paraguai - 1948
Peru - 1948
República Dominicana - 1948
Santa Lúcia - 1979
São Vicente e Granadinas - 1981
São Cristóvão e Nevis - 1984
Suriname - 1977
Trindade e Tobago - 1967
Uruguai - 1948
Venezuela - 1948

] O caso cubano
Cuba, apesar de ainda ser membro da Organização, não tem direito a voto nem a participar em suas reuniões. Cuba foi suspensa em 1962 da OEA.

o que é que é comigo?

.
Primeiro levaram os negros

Mas não me importei com isso
Eu não era negro

Em seguida levaram alguns operários
Mas não me importei com isso
Eu também não era operário

Depois prenderam os miseráveis
Mas não me importei com isso
Porque eu não sou miserável

Depois agarraram uns desempregados
Mas como tenho meu emprego
Também não me importei

Agora estão me levando
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo.

Bertold Brecht (1898-1956)

terça-feira, abril 29, 2008

A ZANGA DO PROFESSOR

.

a 29 de Abril nasceu JAIME CORTESÃO

.
Jaime Cortesão


Jaime Zuzarte Cortesão (Ançã, Cantanhede, 29 de Abril de 1884 — Lisboa, 14 de Agosto de 1960), foi um médico, político, escritor e historiador português. Filho do filósofo António Augusto Cortesão, foi irmão do engenheiro Armando Zuzarte Cortesão e pai da renomada ecologista Maria Judith Zuzarte Cortesão.


Biografia
Estudou no Porto, em Coimbra e em Lisboa, vindo a formar-se em Medicina em 1909. Lecionou no Porto de 1911 a 1915, quando foi eleito deputado por aquela cidade. Em plena Primeira Guerra Mundial defendeu a participação do país no conflito, tendo participado como voluntário do Corpo Expedicionário Português, no posto de capitão-médico, tendo publicado as memórias dessa experiência.

Fundou, com Leonardo Coimbra e outros intelectuais, em 1907 a revista "Nova Silva". Em 1910, com Teixeira de Pascoaes, colaborou na fundação da revista "A Águia", e, em 1912 iniciou "Renascença Portuguesa", que publicava o boletim "A Vida Portuguesa". Em 1919 foi nomeado director da Biblioteca Nacional de Portugal. Em 1921, abandonando a "Renascença Portuguesa", foi um dos fundadores da revista "Seara Nova".

Participou numa tentativa de derrube da ditadura militar portuguesa, presidindo a Junta Revolucionária estabelecida no Porto. Por esse motivo foi demitido de seu cargo na Biblioteca Nacional (1927), vindo a exilar-se em França, de onde saiu em 1940, quando da invasão daquele país pelo Exército Nazi no contexto da Segunda Guerra Mundial. Dirigiu-se para o Brasil através de Portugal, onde veio a estar detido por um curto espaço de tempo.

No Brasil, fixou-se no Rio de Janeiro, dedicando-se ao ensino universitário, especializando-se na História dos Descobrimentos Portugueses (de que resultou a publicação da obra homónima) e na Formação Territorial do Brasil. Em 1952, organizou a Exposição Histórica de São Paulo, para comemorar o 4.º centenário da fundação da cidade.

Regressou a Portugal em 1957. Envolvendo-se na campanha de Humberto Delgado, foi preso com António Sérgio, Vieira de Almeida e Azevedo Gomes em 1958, ano em que foi eleito presidente da Sociedade Portuguesa de Escritores.


Obra
A Morte da Águia (Lisboa, 1910)
A Arte e a Medicina: Antero de Quental e Sousa Martins (Coimbra, 1910)
"O Poeta Teixeira de Pascoaes" in: A Águia, 1ª série, Porto, nº 8, 01/Abr/1911; nº 9, 1/Mai/1911.
"A Renascença Portuguesa e o ensino da História Pátria" in: A Águia, 1ª série, nº 9, Porto, Set. 1912.
"Da 'Renascença Portuguesa' e seus intuitos" in: A Águia, 2ª série, nº 10, Porto, Out. 1912.
"As Universidades Populares", série de artigos in: A Vida Portuguesa, Porto, 1912-1914.
...Daquém e Dalém Morte, contos, (Porto, 1913)
Glória Humilde, poesia, (Porto, 1914)
Cancioneiro Popular. Antologia (Porto, 1914)
Cantigas do Povo para as Escolas (Porto, 1914)
"O parasitismo e o anti-historismo. Carta a António Sérgio" in: A Vida Portuguesa, nº 18, Porto, 2/Out/1914.
"Teatro de Guerra", série de artigos in: O Norte, Porto, 1914.
O Infante de Sagres, drama, (Porto, 1916)
"Cartilha do Povo. 1º Encontro" in: Portugal e a Guerra, Porto, 1916.
"As afirmações da consciência nacional", série de artigos in: Atlântida, Lisboa, 1916.
Egas Moniz, drama, (Porto, 1918)
Memórias da Grande Guerra (1916-1919) (Porto, 1919)
"A Crise Nacional" in: Seara Nova, nº 2, Lisboa, 5/Nov/1921.
Adão e Eva, drama, (Lisboa, 1921)
A Expedição de Pedro Álvares Cabral e o Descobrimento do Brasil (Lisboa, 1922)
Itália Azul (Rio de Janeiro; Porto, 1922)
O Teatro e a Educação Popular (Lisboa, 1922)
Divina Voluptuosidade, poesia, (Lisboa, 1923)
Intuitos da União Cívica, União Cívica. Conferências de Propaganda (Porto, 1923)
"A Reforma da Educação" in: Seara Nova, nº 25, Lisboa, Jul. 1923.
Do sigilo nacional sobre os Descobrimentos (Lisboa, 1924)
A Tomada e Ocupação de Ceuta (Lisboa, 1925)
Le Traité de Tordesillas et la Découvert de L'Amérique (Lisboa, 1926)
A Expansão dos Portugueses na História da Civilização (Lisboa, 1983 (1ª ed., 1930))
Os Factores Democráticos na Formação de Portugal (Lisboa, 1964 (1ª ed., 1930))
História da expansão portuguesa (Lisboa, 1993), colaboração na História de Portugal dirigida por Damião Peres, 1931-1934.
Influência dos Descobrimentos Portugueses na História da Civilização (Lisboa, 1993), colaboração no vol. IV da História de Portugal dirigida por Damião Peres, 1932.
"Cartas à Mocidade" in: Seara Nova, Lisboa, 1940.
Missa da Meia-noite e Outros Poemas, sob o pseudónimo de António Froes (Lisboa, 1940)
13 Cartas do cativeiro e do exílio (1940) (Lisboa, 1987)
"Relações entre a Geografia e a História do Brasil" e "Expansão territorial e povoamento do Brasil" in: História da Expansão Portuguesa no Mundo, dirigida por António Baião, Hernâni Cidade e Manuel Múrias, vol. III, Lisboa, 1940.
O carácter lusitano do descobrimento do Brasil (Lisboa, 1941)
Teoria Geral dos Descobrimentos Portugueses – A Geografia e a Economia da Restauração (Lisboa, 1940)
O que o povo canta em Portugal. Trovas, Romances, Orações e Selecção Musical (Rio de Janeiro, 1942)
Cabral e as Origens do Brasil (Rio de Janeiro, 1944)
Os Descobrimentos pré-colombinos dos Portugueses (Lisboa, 1997 (1ª ed., 1947))
Eça de Queiroz e a Questão Social (Lisboa, 1949)
Os Portugueses no Descobrimento dos Estados Unidos (Lisboa, 1949)
Alexandre de Gusmão e o Tratado de Madrid (Lisboa, 1950)
Parábola Franciscana, poesia, (Lisboa, 1953)
O Sentido da Cultura em Portugal no século XIV (Lisboa, 1956)
Raposo Tavares e a Formação Territorial do Brasil (Rio de Janeiro, 1958)
A Política de Sigilo nos Descobrimentos nos Tempos do Infante D. Henrique e de D. João II (Lisboa, 1960)
"Prefácio a modo de memórias" in: O Infante de Sagres, 4ª ed., (Porto, 1960)
Os Descobrimentos Portugueses, 2 vols., (Lisboa, 1960-1962)
Introdução à História das Bandeiras, 2 vols., (Lisboa, 1964)
O Humanismo Universalista dos Portugueses (Lisboa, 1965)
História do Brasil nos Velhos Mapas (Rio de Janeiro, 1965-1971)
Portugal – A Terra e o Homem (Lisboa, 1966)

Actualidade

.
"Olhos nos olhos" - Artigo assinado por Teresa Campos na "Visão" de 10/4/2008


Por uma questão de curiosidade, e porque muitos dos destinatários nasceram ou moram nesta terra, ou visitam com frequência o Barreiro, repruduzimos uma pequena notícia que vem publicada na revista "Visão" de quinta-feira passada, com o título acima indicado e o sub-título "Em apenas 6 dias um oftalmologista espanhol limpou a lista de espera da cirurgia às cataratas, no Hospital do Barreiro"


"José António Lillo Bravo, 45 anos, oftalmologista espanhol, instalou-se de armas e bagagens, como quem diz, com equipa e equipamento, no Hospital Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro, e reduziu drasticamente a lista de espera das operações às cataratas
Precisou apenas de seis dias - seis! - para devolver a visão a 234 pessoas.
O procedimento é simples, faz-se em poucos minutos, só com anestesia local; o oftalmologia aplica o método (= facoemulsificação) há mais de uma década, e permite ao doente voltar para casa no dia da intervenção. E pelos seus próprios pés.
Sem pudores, José Bravo precisa que, nos dias em que esteve no Barreiro, e com a ajuda da sua equipa, fez 48 intervenções diárias : 24 de manhã e 24 de tarde - contra as 50 por ano, em média, dos médicos locais, e que resultaram, no final de 2007, numa lista de espera de 384 pessoas.
Por cada cirurgia, o espanhol, recebeu 900 euros. Um valor que, garante a administração do Hospital, é compensador : corresponde a metade do preço pedido pelos médicos portugueses."
Fim do artigo. Assinado: Teresa Campos.
(REVISTA – VISÃO )

segunda-feira, abril 28, 2008

o MENDONÇA é o vencedor dos PALPITES DE ABRIL

.
O MENDONÇA É O GRANDE VENCEDOR
DESTE MÊS DE ABRIL, TERMINANDO
COM 4 PONTOS DE VANTAGEM SOBRE
A DUPLA FRANCISCO-JOÃO ROQUE,
TENDO O COTRIM CONSEGUIDO O
3º.LUGAR DO PÓDIO, GRAÇAS A
TER ACERTADO NO EMPATE DO
JOGO DESTA NOITE EM SETUBAL

O MENDONÇA TRI-CAMPEÃO, MOSTRANDO A SUA SATISFAÇÃO POR MAIS ESTE TRIUNFO
.
NESTA ULTIMA JORNADA O MELHOR
FOI LARGAMENTE O PEIXOTO
QUE ACERTOU EM 2 JOGOS PER-
DENDO SÒMENTE 4 PONTOS E
DEIXANDO LONGE A 2ª.CLAS-
SIFICADA A LEONOR QUE PERDEU
9 PONTOS.

O PEIXOTO SUBIU DE PENUL-
TIMO PARA 5º.



JOGOS:

SETUBAL-AMADORA......0-0 (COTRIM)
BENFICA-BELENENSES...2-0 (PEIXOTO)
SPORTING-MARITIMO....2-1 (AZEVEDO,TIAGO,HERDEIRO,MENDONÇA,PEIXOTO)
GUIMARÃES-PORTO......0-5
.
na jornada:

1.PEIXOTO......4
2.Leonor.......9
3.Cotrim......10
4.João Roque..11
5.Carmen,Miranda,Mendonça,Herdeiro...12
6.Francisco...13
7.Filipa,Ligia,Pedro G.Vaz...14
8.Leonor,Nuno Matos...15
9.Vitor Santos,Azevedo...16
10.Valente...17
11Pedro Pereira...21
GUIMARÃES-PORTO......0-5

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CONCURSO DE ABRIL

1.MENDONÇA......41..EX-RC-LISRY/SPORTING
2.Francisco.........45..AFRICAS/SPORTING
..João Roque......45..TAP-GENEVE/SPORTING
3.Cotrim............47..GRP.DESK/BENFICA

4.Ligia...............50..CHF-REV/BENFICA
5.Valente............52..PORTUGAL-ESPANHA/SPORTING
..Peixoto............52..EX-RC/BENFICA
6.Carmen............54..BACKOFFICE-SQQ/BENFICA
..Herdeiro..........54..EX-RC-REV/SPORTING
7.Leonor............57..GRP.DESK/SPORTING
..Nuno Matos.......57..AMERICAS/BENFICA
8.Azevedo..........58..EX-RC-LISRY/SPORTING
9.Vitor Santos......59..BACKOFFICE-SQQ/ATLETICO
..Miranda...........59..EX-RC-REV/BENFICA
10Tiago.............60..PRICING-EUROPA2/BENFICA
11Filipa.............61..PORTUGAL-ESPANHA/BENFICA
..Pedro G.Vaz.....61..LISRY/BENFICA
12Pedro Pereira..62..BACKOFFICE-AVAILABILITY/BENFICA

ACTUALIDADE

.

FAZ HOJE 2 ANOS

.
O TEMPO VOA MESMO CÁ FÓRA.
JÁ FAZ 2 ANOS QUE SAÍ


O BOLO QUE ENTÃO ME OFERECERAM

Confesso que não foi fácil enfrentar a ruptura de um quotidiano de 36 anos.
Mas tinha chegado a hora que considerei certa.
Tive o privilégio de merecer uma festa surpresa de despedida que para mim teve um valor insubstituível que nunca vou esquecer.



Às tantas chamaram-me à sala de reuniões do Backoffice e quando entrei desarmado deparei com com uma festa para mim, e o meu neto e a minha filha
metidos na surpresa...



O "livrinho" que então me ofereceram, com as fotos de todos e onde cada um escreveu uma saudação de despedida é porventura ,o mais importante da minha estante.

O MOMENTO DA ENTREGA DO "LIVRINHO"

Dele lembro a página da foto da equipa da minha secção do Domésticos (Agora já tem outra denominação - "Portugal e Espanha"), . Falta apenas a Alexandra que na época estava de férias. Tenho um especial carinho por estas companheiras que me acompanharam "na ora di bai".



Recordo aqui também um texto que me foi então dedicado, de autoria do nosso companheiro Ricardo Matos,e por ele publicado na Tranca:

"Quarta-feira, Abril 26, 2006
CAMINHADA
O nosso Herdeiro vai passar à “peluda “
Aqui debitamos uma singela versão da sua CAMINHADA

Nasceu durante a guerra no frio mês de Janeiro no já longínquo 1944, mas sempre pautou a sua vida pela prática da Paz, tirando algumas traquinices e rapaziadas, próprias da idade e de quem nasceu nas Avenidas Novas, a do Valmor para ser mais preciso.
Frequentou a escola onde levou as palmatoadas habituais, nem mais nem menos que o Mendonça, companheiro de folguedos e de aleivosias.
Ocasionalmente rumava a Ovar, onde, pela mão solícita da avó foi iniciado nas rezas e
novenas das quais guardou preciosa memória e no Furadouro aprendeu a pescar à linha sendo hoje um dos mais conceituados pescadores do Feijó . Quem o quiser ouvir basta ir
à Casa do Peixe à Porta , onde debita doutamente sobre anzóis, isco, asticot, chumbadas, canas e canelons. Às quintas-feiras é a vez dos carretos.
Mas continuemos o percurso, que foi traçando pela vida fora e que passou por mostrar fazendas ás madames e pelos moveis por medida onde contabilizava esplêndidos exemplares de arcas da China e psichès Quinéne.
A inevitabilidade da tropa apanhou-o pelos vinte anos e despachou-o para o Regimento
de Infantaria 5 , o Purgatório das Caldas , depois para Leiria no famoso 4º de Cavalaria depois ainda para a repartição de mobilizados onde se tornou emérito na prática do Futsal , vá-se lá a ver a voltas que a bola dá.
Parece que mobilizava todos os benfiquistas para a Guiné. Foi feliz ao que consta.
Ora pelo Ano da Graça de 1970 depois de muito matutar, resolveu ingressar nos quadros
desta prestigiosa companhia , da qual atravessou a porta d’armas no dia 2 de Março.
Na recepção, teve como tour-guide a Ana Castelo, que andou pelas secções a mostrar o
franganito.
Como vêem, plus ça change plus c’est la même chose, só que in illo tempore a proporção era inversa, noventa por cento de galfarros e apenas dez por cento de inocentes donzelas, até parecia que estávamos outra vez na tropa, desta vez na manutenção militar que admitia algum pessoal feminino.
Sentou-se pela primeira vez na linha de Copenhaga onde pontificava o António José Salretacom a Teresa Allen à baliza. Mais tarde migrou para a Coordenação, desqualificação obrigatória pela qual todos passávamos. Rasgou muito papel, fotocopiou muitos telexes, encantou-se com o requinte tecnológico do conveyor belt, aprendeu a fugir com celeridade sempre que a fotocopiadora começava a arder, deliciou-se com as tiradas altissonantes do Marques e com o discurso catastrofista do Duarte que lhe profetizava largos anos de Inferno. Enfim, confraternizou com uma amostra significativa de Humanidade na qual refulgiam verdadeiras delícias do género humano e assim se passaram 36 anos, diríamos 36 inesquecíveis anos.
Realçamos a sua participação na Real Europa Três, que detinha no seu seio a mais alta densidade de sangue azul do Gabinete da Análise de Voos, GAV para os intímos.
Vai passar à disponibilidade no próximo 28 de Abril, abonado de fardamento e alimentação com vários louvores e punições averbadas na caderneta e deverá apresentar-se no Fórum Saldanha onde de futuro o Exmo Director da Tranca assentará o seu novo gabinete e será seguido a partir de 28 de Julho pelo corpo redactorial.
Esperamos que o caminho que agora irá percorrer se apresente com mais rosas e menos
espinhos, que mantenha a Fé e a Religiosidade que sempre o guiaram neste vale de lágrimas e também a inquebrantável confiança nas hierarquias com que sempre pautou
a sua conduta.
E agora vais mais é brincar ás garagens com o Miguelito, mas toma cuidado com a coluna.
De todos os que te acompanharam um grande abraço."

# posted by RICARDO MATOS @ Quarta-feira, Abril 26, 2006

PS: Mas continuo a "andar por aqui" na Tranca e con vocês.

a 28 de Abril, MUSSOLINI E CLARA PETTACI FORAM EXECUTADOS

.


Benito Mussolini, Il Duce, o líder fascista italiano é executado em Milão. Filho de uma professora de escola e um ferreiro comprometido com o socialismo, Benito Mussolini (1883-1945) foi uma criança introvertida - que lia mais do que falava -, educado com influências do comunismo, o socialismo e outras formas de pensamento. Em 1902 iniciou a sua carreira política como radical socialista, circunstância que o levaria depois da eclosão da I Guerra Mundial a ser expulso do Partido Socialista por tentar envolver a Itália no conflito. Durante a disputa, alistou-se e lutou na frente italo-austríaca, fundou o Partido Fascista e declarou guerra ao socialismo. Em 1922 chegou ao cargo de Primeiro-ministro italiano. Admirando-se mutuamente, Hitler e Mussolini encontraram-se pela primeira vez em 1934. Ambos, profundamente anti-comunistas e anti-democráticos, apoiaram-se durante anos. Mussolini tentou transformar a Itália em outro Império Romano, mas o país rapidamente passou a ser uma marioneta nas mãos do irmão mais velho: a Alemanha nazi. Derrotas esmagadoras no norte de África e na Grécia fizeram ruir o império de Mussolini e em 1943 este foi obrigado a fugir e procurar a protecção da Alemanha quando o seu próprio governo se virou contra ele por ter invadido a Albânia sem consenso. Hitler protegeu-o durante algum tempo, mas Mussolini acabou por regressar ao norte de Itália. No dia 28 de Abril de 1945, enquanto os aliados e a resistência italiana libertavam os últimos redutos ocupados do país, alguns cidadãos furiosos dispararam contra ele pela rua. No dia seguinte, o seu corpo estava pendurado pelos pés, para que o mundo inteiro o pudesse ver.

frase do dia

.
O bizarro da Chama Olímpica é que nunca se tinha visto tanto comunista preocupado em defender um facho.

domingo, abril 27, 2008

PALPITES - 4ª. E ULTIMA JORNADA DE ABRIL - INFO INTERCALAR

.
CUMPRIDOS 3 DOS 4 JOGOS
DESTA ULTIMA JORNADA
E QUANDO FALTA APENAS
O SETUBAL-AMADORA,
O MENDONÇA COM 3 PONTOS
DE AVANÇO SOBRE O JOÃO
ROQUE
E 5 SOBRE O
FRANCISCO É VIRTUALMENTE
O VENCEDOR DESTE MÊS DE
ABRIL.


O MENDONÇA: "O QUÊ? SOU EU QUE VOU GANHAR? ESTÁS A FALAR A SÉRIO? SPOOOORTING!!!

PARA O 2ª. E 3ª. AINDA
VAI HAVER LUTA...

JOGOS JÁ JOGADOS:

.
BENFICA-BELENENSES...2-0 (PEIXOTO)
SPORTING-MARITIMO....2-1 (AZEVEDO,TIAGO,HERDEIRO,MENDONÇA,PEIXOTO)
GUIMARÃES-PORTO......0-5
.

na jornada
.
1.PEIXOTO.....2
2.Tiago.......4
3.João Roque..6
4.Herdeiro....7
5.Mendonça,Miranda...8
6.Carmen......9
7.Francisco,Ligia...10
8.Cotrim.,Nuno Matos,Pedro G.Vaz,Azevedo,Filipa....11
9.Leonor...12
10Vitor Santos,Valente...14
11Pedro Pereira...16
.
Na geral
.
1.MENDONÇA...37
2.João Roque.40
3.Francisco..42
4.Ligia......46
5.Cotrim.....48
6.Valente,Herdeiro...49
7.Peixoto...50
8.Carmen...51
9.Azevedo,Nuno Matos...53
10Leonor...54
11Tiago,Miranda...55
12Vitor Santos...57
13Filipa,Pedro G.Vaz...58

11

ADÃO E EVA versão ARÁBIA SAUDITA

.

sábado, abril 26, 2008

DURÃO MAOÍSTA

.


Durão Barroso nos anos 75 a 77 era do MRPP e Presidente da Associação de Estudantes da Faculdade de Direito.

A sua linguagem era esta.
No ano lectivo de 67/77 ,no Anfiteatro 1, daquela Faculdade em sessão de boas vindas aos caloiros , saudou-os assim:

"A Associação da FDL dá-vos as boas vindas a esta Faculdade burguesa que nos cabe destruir".....

preliminares

.
O pai pergunta ao filho de 12 anos se ele sabe como são feitos os bebés e
este, desatando a chorar, responde:
NÃO!!! Não quero saber! Promete que não me contas!!!!!
O pai, espantado, pergunta porque razão o filho não quer saber;
ao que o puto, ainda soluçando, responde:
Quando eu tinha 6 anos contaram-me que não havia coelho da Páscoa, aos 7
descobri que não havia Fada Madrinha e aos 8 contaram-me que o Pai Natal eras
tu!, aos 11 que o Benfica não tem seis milhões, Ouve, se eu venho a descobrir que os adultos não dão quecas..., não tenho mais razões para viver!

PINA BAUSH

.
LISBOA VAI TER O PRIVILÉGIO
DE VÊR PINA BAUSH OUTRA VEZ
NUM GRANDE FESTIVAL A ELA
DEDICADO.

A TRANCA RECOMENDA

CENTRO CULTURAL DE BELÉM E TEATRO SÃO LUIZ
2008, UM FESTIVAL PINA BAUSCH



A ideia de um festival Pina Bausch em Lisboa, em 2008, no Teatro São Luiz e no Centro Cultural de Belém, parte do exclusivo interesse das direcções artísticas destas duas instituições. Com efeito, 1994 e 1998 são duas datas relevantes para que se possa agora compreender a razão desta nova iniciativa, 2008 – Um Festival Pina Bausch:


1994 – Assisti em Lisboa, integrado na Capital Europeia da Cultura: as grandes obras de Pina Bausch, entre elas A Sagração da Primavera, Café Müller, Kontakthof, Viktor e 1980.

1998 – EXPO 98, Festival dos 100 Dias: António Mega Ferreira convida Pina
Bausch para uma residência artística que culmina com a criação de uma peça de sua autoria sobre Lisboa, Masurca Fogo.

Estes espectáculos deram brado na cidade e marcaram Lisboa como paragem e fonte de inspiração obrigatória na obra artística de Pina Bausch. Este agora, será um festival diferente. Durante uma semana, Pina Bausch e a sua companhia vão estar presentes quase em simultâneo nos dois teatros e em contacto muito directo com o público. Vamos ter os famosos bailarinos da companhia a falar sobre as suas participações nas obras e filmes de Pina Bausch e a contar histórias inéditas sobre o processo criativo, vamos poder partilhar com Peter Pabst os 28 anos de criação de cenários para as peças de Pina Bausch, vamos poder ver documentários e projecções e ouvir personalidades, cujos percursos pessoais e profissionais se tenham, de alguma forma, cruzado com Pina Bausch. Vamos ainda ter exposições de fotografia.

> CENTRO CULTURAL DE BELÉM

GRANDE AUDITÓRIO

> NEFÉS
Uma peça de Pina Bausch
Tanztheater Wuppertal
2 e 3 de Maio às 21H00

> MASURCA FOGO
Uma peça de Pina Bausch
Tanztheater Wuppertal
7, 8 e 9 de Maio às 21H00

MAZURCA DE FOGO


> TEATRO SÃO LUIZ

SALA PRINCIPAL

> CAFÉ MÜLLER
Uma peça de Pina Bausch
Tanztheater Wuppertal
4 e 5 de Maio às 21H00
8 e 9 de Maio às 18H00
Peça icónica em que a própria Pina Bausch é uma das intérpretes.


> PINA BAUSCH E PEDRO ALMODÓVAR (a confirmar)
9 de Maio
Sexta-feira às 24H00

JARDIM DE INVERNO

> O LAMENTO DA IMPERATRIZ
Um filme de Pina Bausch, comentado
por José Sasportes
4 de Maio às 22H00

> LISSABON – WUPPERTAL – LISBOA
Um filme de Fernando Lopes,
comentado por Fernando Lopes, Maria
João Seixas e António Mega Ferreira
6 de Maio às 22H00

> A SAGRAÇÃO DA PRIMAVERA
Um filme de Pina Bausch, comentado por Olga Roriz e Rui Horta
7 de Maio às 22H00

CONVERSA COM

> DOMINIQUE MERCY, NAZARETH PANADERO E LUÍSA TAVEIRA
5 de Maio às 22H00

> PETER PABST – 28 ANOS DE CENÁRIOS PARA PINA
8 de Maio às 22H00

M/12


PINA BAUSCH

Nasceu em 1940 em Solingen, Alemanha. Em 1955 iniciou os estudos de dança na
Folkwang School de Essen, obtendo o diploma em 1958. Entretanto, ganha uma bolsa
para prosseguir os estudos em Nova Iorque, cidade onde reside durante três anos.
Em 1962 regressa à Alemanha e integra a companhia que o bailarino e coreógrafo Kurt
Jooss fundara entretanto, a Folkwang-Ballett, e da qual veio a ser, entre 1969 e 1972,
coreógrafa e directora artística, para além de bailarina. Em 1973 é convidada para dirigir o Tanztheater Wuppertal, cargo que ocupa até hoje. Enquanto directora e coreógrafa do
Tanztheater Wuppertal cria um grande número de espectáculos que se notabilizaram em
todo o mundo, como A Sagração da Primavera (1975), Cafe Muller (1978), Nelken –
Cravos (1982), Masurca Fogo (1998), Água (2001), Fur die Kinder von Gestern, Heute und Morgen – Para as Crianças de Ontem, Hoje e Amanhã (2002), entre outros.

sexta-feira, abril 25, 2008

25 de Abril e as ESTÓRIAS DO RC

.
25 de ABRIL - estórias do rc


O 25 de Abril de 1974 marcou muito as gerações nascidas durante a ditadura do Estado Novo.
Os companheiros que estavam naquela época no RC viveram intensamente aqueles dias,e recordam decerto o ambiente de euforia e participação que a todos ou quase nos atingiu.

Por ironia do destino, estava marcada para o dia 25 de Abril de 1974, uma sessão solene de inauguração formal do TAPMATIC (sistema informático de reservas), com a presença do então Ministro dos Transportes do Governo de Marcello Caetano. É claro que a inauguração não aconteceu...
Nessa mahã de 25 de Abril, muito cedo, fui acordado ao som das notícias do Rádio Clube Português, que circunstanciavam os acontecimentos dessa madrugada.



Confesso que a primeira ideia que me veio à cabeça, foi a que poderia estar a acontecer um golpe de extrema direita, pois constava nos últimos dias, que o General Kaulza de Arriaga, estaria a preparar uma resposta de direita à tentativa de golpe do 16 de Março, essa da esquerda militar.
Só sosseguei mais, quando, ao longo da manhã. fui ouvindo canções de Sérgio Godinho, a Grandola Vila Morena e o "Eles comem tudo" do Zeca Afonso . Canções, absolutamente proibidas no antigo regime, impossíveis de se ouvir, a não ser adquirindo os discos clandestinamente no estrangeiro.


Estava nessa semana no turno das "quatro-meia noite", e como não conseguia entrar em contacto telefónico com a secção, nem havia ainda telemóveis, foi com alguma preocupação , sem saber o que poderia acontecer, que me dirigi ao Aeroporto, que estava encerrado de acordo com as notícias da TV e rádio.
Havia uma barreira militar de soldados revoltosos (MFA) à entrada do caminho (então particular) que dá acesso às instalações da Companhia. Não me deixaram passar.
Aí, e já na companhia do Vasco Sá, que tal como eu, iria entrar de serviço, e já quando nos dispunhamos a vir embora, fomos avisados pelo Alferes Comandante daquele pelotão de ocupação, que esperássemos, pois,num contacto superior, via rádio de campanha, o tinham informado que estava vindo uma carrinha para nos levar ao local de trabalho, para rendermos os colegas que estavam a sair às 4.
Apareceu então o Luis Domingues, que nos levou ao Controle, onde o substituímos, e ao Mascarenhas.
Ficámos só até às 8 e meia da noite, tendo entretanto, sido levados a jantar ao restaurante do Aeroporto ocupado, onde nos deram ração de combate como jantar.
Comemos rodeados de tropa por todos os lados, enquanto assistíamos, através de um televisor instalado no bar, aos acontecimentos do Largo do Carmo, o cerco e a rendição do Marcello Caetano.
Eu e o Vasco Sá.!!!

os nossos artistas - CHICO DIAS

.

O MENDONÇA, RETRATADO PELO NOSSO ARTISTA CHICO DIAS

Este trabalho foi entregue ao Mendonça em cerimónia no decorrer da nossa Cimeira de 24 de Abril.

CRÓNICA DA CIMEIRA DE 24 DE ABRIL

.
FOI MAIS UMA CIMEIRA ANIMADA

Realizou-se na Associação de Cabo Verde, com a Dina na régie e na produção.
Apareceram 30 companheiros,embora o Canelas se tenha ido logo embora por afazeres astrológicos

Picaram o ponto:
SAMPAIO, VIEIRA,BRITO DIAS,COLEHO DE ALMEIDA,IRENE,DINA,CASCADA,CORREIA,MENDONÇA,LOPES,NATÁLIA,PACHECO,CABARL,ALICE,OLIMPIO,MATAS,HERDEIRO,CANDEIAS,MARCELO,REGINA,MELO,LUCIANO CARVALHO E SILVA,GIOVANNI FERNANDES,MANUELA BRITO E SILVA,CHICO DIAS,ZÉ BARBOSA DINIS,AZEVEDO,GUEDES VAZe MARIA JOÃO

Desta vez apareceram dois estreantes:

O Pacheco:

APARECEU PELA PRIMEIRA VEZ, GOSTOU

e a Alice:

A ALICE DOS TELEPHONE-SALES, AGORA CALL CENTER, QUE TANTOS DE NÓS ATENDIAMOS TODOS OS DIAS PARA OS CAPAÉLES...ESTREOU-SE NOS NOSSOS ALMOÇOS.

A catchupa e o bife de amendoim foram os mais pedidos.

Desta vez tivémos música de fundo, as coladeras, as mornas e os funánás acompanharam-nos nos morfos e nas trocas de memórias. A estas atrapalhou um pouco, pois era dificil fazermo-nos ouvir.

Quem adorou foi o Vieira que aí à segunda morna , não aguentou e pulou para a pista arrastando a Alice, somando performances e pares pela tarde adiante.

Esqueci a minha máquina de reporter, tive de utilizar a da Dina, que é óptima.
Contudo, os filmes que fiz foram-me enviados pela Dina em jpeg, o que não possibilita hoje aqui apresentá-los com o som da música caboverdeana.



GIOVANNI FERNANDES, MARCELO,REGINA, MELO, GUEDES VAZ E CHICO DIAS

Levei alguns exemplares da Tranca e a leitura do texto que reproduzi na véspera "O baile masqué do Kikinhenbourg Grossfeld" arrancou muitas gargalhadas dos presentes e memórias da sua produção num dos famigerados "brainstorms" na sala de convívio do vinte cinco sétimo.Naquela época, à`volta da mesa, éramos uns tantos a mandar palpites sobre o hipotético baile, a inventar situações cada vez mais bizarras,mais nonsense, e no meio de gargalhadas, lá ia o Cascada apontando tudo no seu bloquinho para depois converter no admirável texto final.

Logo alguns admitiram entre uma garfada de catchupa e um gole de tinto, que havia noites que apetecia estar a trabalhar, tal o clima de camaradagem e criatividade que se estabelecia entre nós.


MANUELA BRITO E SILVA,CANDEIAS,MATIAS,OLIMPIO,ALICE,CABRAL.PACHECO

Ao longo da tarde os nossos artistas privativos deliciaram-se a apreciar trabalhos magnificos do Chico Dias.


O CASCADA E O CHICO DIAS E AS OBRAS DO CHICO

Já na parte final, e lembro que as nossas Cimeiras numca duram menos de quatro a cinco horas, ficou estabelecido que a próxima reunião, vai ter lugar no Marginalissimo de Paço D.Arcos, pruduzido e realizado pelo Sampaio.
Na opinião dos presentes, foi até hoje, o melhor sítio para nos encontrarmos.

A seu tempo , encontrarão aqui na TRANCA, os detalhes e a data correcta.

O slide show que se segue é da autoria do Chico Santos Costa , que mesmo não tendo podido estar presente, produziu este excelente trabalho que ofereceu a todos através da Tranca.

PALPITES - 4ª. E ULTIMA JORNADA DE ABRIL

.
COM O MENDONÇA A LIDERAR
COM 3 PONTOS DE AVANÇO
SOBRE O FRANCISCO E 4
DO JOÃO ROQUE.


VAMOS POIS PARA A ULTIMA
JORNADA DESTE MÊS.

JOGOS:
.
BENFICA-BELENENSES./.SETUBAL-AMADORA./.SPORTING-MARITIMO./.GUIMARÃES-PORTO
.
Carmen...............2-1....1-0....1-2....0-1
Vitor...............1-1....1-1....1-1....1-1
Pedro Pereira....0-1....3-0....1-1....1-0
Valente............1-1....1-0....3-0....1-0
Filipa..............1-0....1-0....1-0....1-0
Francisco........1-0....1-0....1-0....1-1
Tiago...............2-1....2-1....2-1....1-2
Leonor............0-0....1-0....2-0....1-1
Cotrim............2-1....0-0....1-1....0-0
Miranda...........2-1....2-0....1-2....0-2
Nuno Matos......2-1....2-0....1-1....1-1
Ligia...............1-0....2-0....1-0....1-1
Pedro G.Vaz....1-1....1-0....1-1....0-1
Peixoto...........2-0....1-1....2-1....1-2
Mendonça..........3-1....2-0....2-1....1-1
Herdeiro..........1-1....2-1....2-1....0-1
Azevedo...........1-1....2-1....2-1....2-1
João Roque.......1-0....2-1....2-0....1-2

classificação geral ACTUAL

1.MENDONÇA.........29..EX-RC-LISRY/SPORTING
2.Francisco........32..AFRICAS/SPORTING
3.João Roque.......34..TAP-GENEVE/SPORTING
4.Valente............35..PORTUGAL-ESPANHA/SPORTING
5.Ligia...............36..CHF-REV/BENFICA
6.Cotrim.............37..GRP.DESK/BENFICA
7.Pedro Pereira...41..BACKOFFICE-AVAILABILITY/BENFICA
8.Carmen............42..BACKOFFICE-SQQ/BENFICA
..Leonor............42..GRP.DESK/SPORTING
..Herdeiro.........42..EX-RC-REV/SPORTING
..Azevedo..........42..EX-RC-LISRY/SPORTING
..Nuno Matos.......42..AMERICAS/BENFICA
9.Vitor Santos.......43..BACKOFFICE-SQQ/ATLETICO
10Filipa..............47..PORTUGAL-ESPANHA/BENFICA
..Pedro G.Vaz......47..LISRY/BENFICA
..Miranda..........47..EX-RC-REV/BENFICA
11Peixoto...........48..EX-RC/BENFICA
12Tiago..............51..PRICING-EUROPA2/BENFICA

quinta-feira, abril 24, 2008

VOU CANDIDATAR-ME

.

VOU ESBURACAR O CONTINENTE TODO, DESTRUIR OS ECO SISTEMAS, CONSTRUIR O AEROPORTO DE LISBOA NA PORCALHOTA, TRANSFORMAR O JULIO DE MATOS QUE PASSARÁ A SER O PARLAMENTO, EXILAR O SOCRATES E O PACHECO PEREIRA NAS DESERTAS, ACABAR COM OS JORNALISTAS, FECHAR A TELEVISÃO, PROIBIR OS CONTINENTAIS E DEIXAR VIR A MIM O SENHOR SILVA, QUE EU TRATO-LHE DA SAÚDE.

24 de abril ao principio da noite

.
UM POUCO POR TODA A PARTE
ESTA NOITE VÁRIOS ARTISTAS
VÃO ESTAR A ACTUAR A
SAUDAR A MADURUGADA DE
ABRIL

vão estar em:

Quadrilha Aljustrel - Largo da Câmara Municipal 22:00
Luís Represas + The Gift Almada - Praça da Liberdade 22:00
José Barros e Navegante Almodôvar - Jardim Municipal 21:30
Burning Sunset Aveiro - Anestesia 22:30
Mind Da Gap + Souls Of Fire + Karma Cola Aveiro - Estádio Municipal 22:00
Steel Drumming toca Zeca Afonso Aveiro - Teatro Aveirense 21:30
Sérgio Godinho & Os Assessores Barreiro - Parque da Cidade 22:00
SWR BARROSELAS METALFEST - Fleshcrawl + Skyforger + Kronos + Orcivus + Mar de Grises + Dantalion + Rato Raro + EAK + Crushing Sun + Nuklear Goat BarroselasSite
José Mário Branco Braga - Theatro Circo 22:00
Anonima Nuvolari Bragança - Teatro Municipal 21:30 Livre
Holy Llama Caldas das Taipas - Bar N101
Raízes - «Conversa com Carlos Paredes e Zeca Afonso» Cartaxo - Centro Cultural Município do Cartaxo 22:30
Four - Espírito dos Elementos Cascais - Casino Estoril 20:30 Casino Estoril
Garden Quarteto Cascais - Casino Estoril Livre Casino Estoril
Pedro Malagueta e a Orquestra do Casino Cascais - Casino Estoril 21:00 Livre Casino Estoril
New Mecanica + TBA Cascais (Adroana) - Muralhas Rock 22:00
Dead Combo - «Lusitânia Playboys» Castelo Branco - Fórum Castelo Branco 20:00
Francisco Ceia - «Deserto» Castro Verde - Cine-Teatro Municipal 21:30
Novembro Coimbra - Fnac Fórum Coimbra 22:00 Livre
Anaquim Coimbra - Salão Brazil 23:00 Site
Verónica Larrenne Espinho - Casino 22:30 Livre
Pedro Barroso Évora - Praça do Giraldo 22:00
Couple Coffee & Band Fafe - Parque da Cidade de Beja 21:30 Livre
Edson Cordeiro Faro - Teatro das Figuras 15-20€ Site
Giovanni Bellucci - recital de piano Gaia - Fnac GaiaShopping 22:00 Livre
Da Weasel Grândola - Parque de Feiras e Exposições 22:30 Livre
Banda Realidade - «Tributo a Abril» Guarda - Teatro Municipal 22:00 Livre
Dapunksportif + Fried Chicken & Gasoline Leiria (Praia de Pedrógão) - StressLess 23:30 5 € Site
Chulage & Sister Lisboa - Bacalhoeiro 22:00 Site
Light Lisboa - Casino Lisboa Livre Casino de Lisboa
Los Vivancos Lisboa - Casino Lisboa 21:00 30-35€ Casino de Lisboa Ver destaque
Zé Cunha Lisboa - Casino Lisboa Livre Casino de Lisboa
Katharina Franck & Nuno Rebelo Lisboa - Culturgest 21:30
Luisa Tender Lisboa - Fundação Calouste Gulbenkian 19:00
Benny Lackner Trio Lisboa - Hot Clube 23:00
Classes de Música de Câmara Lisboa - Livraria Trama 21:30 Livre
JP Simões (festa IndieLisboa) Lisboa - Maxime 0:00 12 € Site
Ana Deus + Flak + Miguel Ângelo & Fernando Cunha + Olavo Bilac & Pedro Almeida + Pedro Puppe & João Neto + Tim + Vicente Palma (Canções Revolucionárias) Lisboa - MusicBox 0:00 10 € Site
Rui Murka Lisboa - MusicBox 2:00 10 € Site
Pilar Lisboa - OndaJazz 23:00 7 € Site
Revolução Electrónica @ Op Art + Lady M Lisboa - Op Arte Café 0:30 12:00
Tributo a Nirvana Lisboa - Santiago Alquimista 23:00 5 € Site
Ignite + Death Before Dishonor + Burn The 8 Track Lisboa - Tatuara 21:00 20 € Site
Buraka Som Sistema Loulé - Parque Municipal 21:30
Hunting Cross Moita - In Live Caffé Site
Aceing Skin + Promethevs Montágua - Bombar
Kumpania Algazarra Montijo - Cine-Teatro Joaquim d’Almeida 21:30
Anta-Mobile + L’Homme Manete + Sitting Buldozer + M. + Boiar + ps Porto - Fábrica de Som 22:00 4-10€ Site
Giovanni Bellucci - recital de piano Porto - Fnac Santa Catarina 16:00 Livre Site
Combos Escola de Música Valentim de Carvalho Porto - HotFive Site
The Tumbitas + Zero Cash + Funkalicious Porto - Plano B Site
Quarteto Paulo Bandeira Porto - Servartes Site
Roni Size & Dynamite + Andy C & GQ Porto - Teatro Sá da Bandeira 0:00 17.5€
Jacinta - «Convexo» Redondo - Largo da Câmara Municipal 21:30
Vitorino e Janita Salomé cantam José Afonso + Clã Seixal - Largo 1º de Maio 22:00 Livre
A Naifa Sesimbra - Fortaleza de Santiago
Arsha + AX Cromado + Luís Godinho Setúbal - Escola Superior de Tecnologia Livre
Júlio Pereira Sines - Avenida da Praia
Quim Barreiros + Dinis Rodrigues Vila Real - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Site
Tiago Bettencourt & Mantha Viseu - Fnac 21:

ALMOÇO DE HOJE, 24 DE ABRIL

.
Decorreu na Associação de Cabo Verde a nossa CIMEIRA MENSAL, bem concorrida.
Estiveram 30 companheiros que ao som das mornas , marrabentas e coladeras e cachupas puseram conversas em dia...

Os pormenores com imagens acompanharão a crónica como é habitual
Neste momento decorre a post produção do material .

Houve a estreia para 2 companheiros.

preliminares

Um homem liga para casa depois de mais um dia de trabalho para saber
o que é o jantar.

- Estou? - diz uma vozinha de criança.
- Olá, querida, é o Papá.
- A Mamã está perto do telefone?
- Não, Papá. Ela está lá em cima no quarto com o tio Nando.

Depois de alguns segundos, o tipo diz:

- Mas querida, não tens nenhum tio chamado Nando!!
- Tenho sim! E ele está lá em cima no quarto com a Mamã.
- Está bem, então. Quero que faças o seguinte: Sobe a correr as
escadas, bate na porta do quarto e grita para a Mamã e para o
tio Nando que o meu carro acabou de parar em frente a casa.
- Está bem, Papá.

Alguns minutos depois, volta a miúda:

- Bem, eu fiz o que me disseste, Papá.
- E então?
- Bem, a Mamã pulou da cama nua e começou a correr pelo quarto a
gritar, tropeçou no tapete e caiu pelas escadas abaixo...
- Oh, meu Deus! E o Tio Nando???
- Ele saltou da cama nu e estava muito assustado. Então pulou pela
janela do fundo para dentro da piscina, mas ele deve ter-se esquecido que
tinhas esvaziado a piscina na semana passada para limpar, e bateu
com a cabeça no fundo da piscina, e não me parece estar nada bem...

Uma longa pausa e o homem diz:

- Piscina ??? Por acaso o telefone daí é 35550739?
- Não.
- Tu não és a Vanessinha?
- Não.
- Ah! Desculpa, foi engano...

quarta-feira, abril 23, 2008

OS QUE POR CÁ JÁ PASSARAM

.
OS QUE POR CÁ PASSARAM
.
PORQUE AMANHÃ É DIA DE NOS JUNTARMOS
NA NOSSA CIMEIRA MENSAL, AQUI VAI
ACTUALIZADA A LISTA DOS COMPANHEIROS
QUE PASSARAM PELO RC E SEUS SUCEDÂNEOS:
REV, BACKOFFICE E IRREGULARIDADES:

O NÚMERO É IMPRESSIONANTE: 185

Abilio Azevedo,Adelaide, Allen, Ana Castelo, Alcides Caramelo, Adalberta, Albuquerque,Albuquerque (Vidrinhos) Alvaro Matos,Alpendre. Araújo (women entretainer) Ana Novais,Ana Franco, Antunes, Alcantara Melo, Alves dos Santos, Augusto , Amaro (carga) Amélia Pitta, Alvarez, Batista,Barbosa Dinis, Brito Dias, Bernardes (carga), Bento, ,Bispo, Botelho, Branco, Benzinho,Belo Torres, Bação, Breu, Barbosa, Cabral, Candeias,Canelas, Coelho de Almeida, Carlos Marques, Calado Lopes,Cascada, Conceição (Bé), Catarino. Carlos Correia, Carreiras,Coelho (Salaminas)l, Claudia Oliveira, Claudia Madeira, Camilo, . Carlos Pinto,Carlinhos (pintelhudo) Cabrita, Carlos Santos (toureiro) Carvalho (carga) , Campos,Ciriaco, Curado, Dina,Daniel Pereira (Dani) Domingues, Duarte, Domingos,Eduardo (Stand By) Estanislau, Elizabeth,Fátima Rosa, Fortunato de Almeida, Filipe, Falé, Fiúza, Ferreira, Ferrão, Faustino, Franquelin, Farinho, Fonseca, Gastão, Grade, Giovanni Fernandes,Ganhão, Garção, Guerra, Gentil Nunes, Guida, Guedes Vaz, Helder Silva, Henriques, Herberto Gomes, Herdeiro, Guilhermina, Helder Barreiros, Helena Eiseu, Horácio, Hélio,Henrique Santos, Irene,João Oliveira (anarca) José Tavares Diniz, João Martins, João Pinto, Lopes, Luciano Carvalho e Silva, Loreto, Leandro, Lena Policarpo, Leal,Leal Marques,Lucilia Preto, Maia,Manuel ,Manuela Veiga,Maria de Deus, Mira Correia,Miranda, Mini Marques, Mário Oliveira, Marcelo,
Matias, Moura, Marcelino, Mesquita, Maria João, Manuela Brito e Silva, Maria Ilidia, Mascarenhas,Matias, Mendonça, Nabais ,Natália,Norberto (Betinho) Nuno Barra, Olimpio,Pacheco, Patricio,Pegado, Peixoto, Parente,Paz, Paulino, Pitra,Pinto Gonçalves (Zé Sopapo) Pederneira, Pereira Martins, Pereira de Sousa, Potier, Portela, Paulo Borges,Pestana,Paulo Bandeira,,Ribeiro Fernandes,Ricardo Matos, Reis Santos, Regina, Raposo, Rochinha,Ricardo (Dosi),Raul Governo, Robalo,Redondeiro ,Rui Eugénio de Sousa,Rui Lourenço, Ramos, Rodrigues (Carga),Rodrigues (EQSB*), Rui Brito de Sousa,Sampaio,Silva (dos bigodes), Serrão, Sarmento,Sacramento, Silvério, Sacadura, Simas,Tiago,Silvia,Sousa,Santos Costa, Sandra, Soares, Teixeirinha,Teresa Allen, Teresa Fonseca,Viana, Vieira ,Vitor Dias , Vitor Guerra, Vasco Sá, Virgolino, Vitor Carvalho (Nhec-Nhec) Vitor Sequeira, Valter, Velha, Vantacich,Viegas, Zuzarte.


Destes já faleceram: (24)
Albuquerque (Vidrinhos),Alvaro Matos,Alvarez,Botelho,Carlos Marques,Duarte,Ferreira,
Filipe,Grade,Gentil Nunes,Mascarenhas,Nabais,Patricio Mendes, Vitor Sequeira,Zuzarte, ,Paz,Paulino,Pederneira,Rocha (Carga),Rochinha,Sacramento,Teixeirinha,Vasco Sá,Rui Eugénio de Sousa,Raul Governo

* - embrulha que são bombas

Destes compamheiros, 62 já participaram , pelo menos uma vez nos nosso almoços mensais, que têm tido um número a oscilar entre os 27 e os 42.

BAILE "MASQUÉ" NO CASTELO DOS KIKINHENBURG-GROSSFELD

.
(reprise)

BAILE "MASQUÉ" NO CASTELO DOS KIKINHENBURG-GROSSFELD
..

CRÓNICA DE ESCÁRNIO E MALDIZER
.
Tudo teria começado com o convite ...

.Este texto-colectivo, criado
após um "brainstorm" na velha
sala de convívio do antigo
Controle de Reservas - RC,
a quem o talento do CASCADA,
deu forma escrita, é datado
de Novemvro de 1976.
A "estória gira à volta de un
baile masqué que teria sido
oferecido pelos Carlos Henri-
ques...
.


CONVITE
.
“Sua Excelência o Conde Karl-Heinrich von Pfeffer zu Kikinhenburg-Grossfeld, dará um baile público “masqué”, no dia trinta de Setembro. O Populacho é convidado a comparecer às 00.00 horas no Palácio de Inverno de Baden-Heinrichof, nas margens do Caneiro de Alcântara, a Benfica.
PS – É probida a entrada a letrados, nobres acima de conde, pessoas com mais de onze valores a Filosofia, e a supervisores com menos tempo de casa que o anfitrião”.
.
A FESTA
Mascarei-me de cronista mundano – que é o nome que se dá ao simples fofoqueiro com acesso aos jornais a sério – e lá fui às cavalitas do Augustinho-Mê-Filhe, o moleque de aluguer da praça de taxis mas próxima. E foi uma cavalgada épica; o Augustinho atravessando Lisboa com a Vera Lagoa às costas.
Cheguei atrasado e desfeito. A ossuda pileca que me transportou, inquieta e com a suspensão em péssimo estado, tropeçava em todas as pedras e foi uma carga de trabalhos para a obrigar a atravessar o Caneiro a vau.
No alto da Colina, o Palácio. A babilónica construção de lata e pórfiro, fumega por cem chaminés, disparando das janelas um clarão de incêndio. Ardem velas de sêbo por todo o lado, exalando um pivete nauseabundo. Das varandas pendem bandeiras com a suástica, a Flor de Lys, as armas Papais e as dos Kikinhenburg-Grossfeld..
À porta o Cabral, mascarado de maneta pede esmola com a mão que lhe resta. O Vitor Carvalho, andrajoso, mas refastelado no carro, pede “uma horinha extraordinária” por alma de certos padrinhos (dele!!..)O Marques disfarçado de bufarinheiro, vende farturas à nobreza.
No momento em que chego, passa os portões um trem puxado por duas marquezas vestidas de negro e todas suadas. Apeia-se o Vieira mascarado de Tony Curtis.
Entra logo atrás um coelho côr de rosa pela mão da Alice do País das Maravilhas.
À entrada recebe-me o Grade, vestido de Verde com um cinto côr de cereja. É o chefe do Pretócolo, e traz o Zuza nos braços. A criança estava linda, com uma touca de tricot azul, uma chucha de barro de cinco litros e um telefonezinho de brincar.
No vestíbulo o Helder Barreiros, mascarado de judeu errante, conversava selvàticamente com alguém, enquanto lhe dava grandes toques e pancadas supostamente amigáveis.
O outro irreconhecível, cheio de equimoses e amarrotado, debatia-se no cuspo dos piparotes que o cobria como claras em castelo. Dizia o Helder:
-“E depois, sabes, vou aprender copta, sânscrito, araucano, porque assim fico com muitas possibilidades de arranjar um emprego melhor e fôr despedido da TAP. Percebes?
Ao fundo a escadaria bifurca-se. Ao centro dos dois lances de escadas um grupo escultórico.
-Foi esculpido por Cellini e comprado pelo Kikinho na Feira das Mercês. Chama-se “Adalberta Caçadora” e representa a Deusa de tanga, arco e aljava, calcando aos pés o Diniz apolíneo (adjectivo exigido pelo interessado). Explicou-se o Chefe do Pretócolo.
Preparo-me para subir a escada quando irrompem porta a dentro o Sampaio, o Ferrão e o Chitas Carreiras, mascarados de trogloditas, de pele de urso e moca, tresandando a esterco e soltando-se ruidosamente por baixo e por cima. Mas não foi tudo!
De uma porta giratória onde está enrolado o Gentil Nunes, que entra e sai sem cessar, salta o Giovanni disfarçado de DC-10. Passa por mim escada acima com os reactores no máximo como se fosse descolar. Tropeça numa gaiola de ouro com uma pêga, que lhe grita roufenha:
-Ma ! Caso de aero matto” Io no sono il ucello Ui Ui:
Os trogloditas perseguem-no aos saltos de moca em riste. Perdem-se nos corredores.
Um chulo cigano, de melena e tacão, com três mulheres pela arreata, atirou-me um pirôpo sebento, palitou os dentes com um fósforo e cuspiu pró lado. Reconheço o Catarino.
.
A sala de baile é enorme, toda em talhas, mármores e espelharia.
Ao fundo, sob um dossel sobressaindo da multidão dos convidados, o Kikinho enlanguesce envolto em barrocos panejamentos de veludo brocado. À direita do Conde Heinrich, avulta o Prior Faustino, Doctor Eclecticus, Mestre de Escolástica. Engordado a Tácito e a bolota, arrota piadas queirozianas e citações da História de Barcelos. À esquerda uma Senhora de ar respeitável que não reconheci. Enorme, loura, de cara empoada e pintada como um tótem, sorria para a assistência e mantinha-se de rabo alçado na direcção do Conde , como um canhão em posição de tiro. De tempos a tempos, o Conde acaricia-lhe molemente a culatra.
Ao ombro do fidalgo, a macaquinha do QCS, que dava pelo nome de “Ricardo”, brinca-lhe com a corôa de plástico .
O Conde abana-se com um jornal dobrado e sorri brandamente para a multidão imunda dos convidados que cantam, assobiam ou simplemente grunhem numa promiscuidade de pocilga.
Quando me viu animou-se-lhe o rosto cansado dos deboches de mesa e de lençol..
-Vindes da “Tranca”? Dou-vos cinquenta mil marcos, se escreverdes um artigo a falar bem de mim... A propósito, vós que tudo sabeis..conheceis por acaso alguma serviçal que não seja esquerdista? Vou doutorar-me em Leis, e tenho de ser discreto nas minhas relações! E apontado os convidados com ar de desprezo:
-Como esta corja me repugna! Olhai como refocilam!
De repente altera-se-lhe o semblante como se tivesse visto um fantasma e exclama em surdina:
-A Condessa Vermelha!!..
Tinha-se feito um grande silêncio, e a Natália ,toda vestida de vermelho, impertigada como um cachucho, de queixo erguido e olhos no chão, avançava por entre alas de convidados. Arrastava uma cauda bordada de espigas que o Lopes, vestidinho de branco, atabalhoadamente, segurava. Ao peito um enorme broche de ouro com a foice e o martelo em diamentes.
Detem-se nos degraus do palanque. A boquinha desfaz-se num sorriso:
-Ai Conde. Suspirou. Venho cansadìssima! Ele dormiu toda a noite com a perna em cima de mim...E mudando de tom , muito rebiteza:
-Olha lá Henriques, já mandáste o Cem? Olha que o Nova York atrasou e tens de fazer protecções. Ouviste?
-Ó Maria Natália! O Rio também...balbuciou o Lopes, vestidinho de banco.
-Cale-se” Gritou ela.
E a Vermelha puxa do broche e atira-o às trombas do outro.
O pobre do Conde murchou logo e com uma expressão desgostosa, estendeu-lhe a mão e levantou-se a custo:
-Vinde! Vou mostrar-vos o castelo dos meus antepassados.
Na galeria à frente da orquestra, gesticulava o Filipe, mascarado de Mozart gordo. De peruca, casaca e bofes, assobiava, cantarolava, coçava-se com a batuta, assoava-se, anunciava a 3.ª.Guerra Mundial e previa o fim do Mundo eminente:
-Estamos no fim do Kali-yuga! Gritava descabeladamente e acariciava a filha que tinha ali ao pé, muito atafulhada em mantas, fraldas e casaquinhos, num berço de carvalho, couro, madrepérola e um grande letreiro luminoso: LA PIÚ BELLA!!
E , voltava a coçar-se, a inalar-se com Nasex e a anunciar a 3.ª.Guerra, vinda do lado socialista e trauteava um trio de Beethoven e um concerto para trompa de Mozart:
-Pó pó pó...Vamos morrer todos. Viva o nacional socialismo- o Marxismo é uma ferramenta, Pó pó pó...Ricardinho, que queres ser quando fores grande? Quero ser avião. Acabou por ser dedilhador de sets..O nosso Santos Dumont de plástico. Esse borgesso, esse matacão!
E ía caducando, sem parar de reger a orquestra, macaquendo de novo o Ricardo:
-Eu tenho aqui um aviãozinho de papel de lustro no rabo para se vêr a matrícula...e tenho um motor que era daqueles realejos pequeninos. Tanto que quando trabalha faz –plim tlim plim tlim plim tlim...
NA ORQUESTRA EMPARVECIDA CADA UM TOCAVA PARA SEU LADO.


O Raposão tocava clavicórdio com dois dedos e resmungava:
Não é bem assim, não é bem asssim. Talvez não seja necessário...
O Cascada tocava num pífaro de corno e prata. O Cristóvão tocava orgão genital e o Mesquita amuado com a orquestra, tocava gira-discos hi-fi, uivando de vez em quando:
-Voglio uma doooona”..E depois perdia-se em trinados imitando Demis Rossos e até Júlio Iglésias
.- Feelings, feelings!!!
O Raminhos também fazia parte da orquestra. Toca a sensibilidade de toda a gente com a sua simpatia e a simplicidade das suas maneiras.
De repente a orquestra flecte para a música de enterro. Apagam-se as luzes e acendem-se projectores verdes. A assistência fica lívida como uma assembleia de fantasmas. Numa atmosfera de cripta, o Conde Drácula entra mascarado de Vaz.
E, com os olhos injectados de sangue, aproxima-se perogosamente do Coelhinho Côr de Rosa com um cestinho com ovinhos de chocolate. Era a Fernandinha, que eu vira entrar pela mão do Carvalho da Carga, vestido de Alice no País das Maravilhas. O Prior Faustino barra o caminho ao monstro. À vista da Cruz, o Vaz desfaz-se em pó. A luz invade de novo a cena. O Prior arranca o Coelhinho à Alice, e arrasta-a para uma frenética tarantela.
Passam a caminho da saída tresandando a migas e a aguardente, três marmanjos não identificados (M.N.I.). Faz-se grande silêncio como de respeito. Depois a algazarra redobra e eles saiem maldizendo o 25 de Abril.
No meio de uma roda de velhas zarolhas vestidas de varinas, uma muito machona, vestida à moda de Ílhavo, e com modos desabridos, apregoa:
-Ó Toneca, queres comprar enguias?
As outras velhas riem-se muito, numa guinchadeira infernal.
Com ar enfastiado, mas muito compenetrado da sua missão de pai de família, o Mário Oliveira, vestido de nurse, empurra uma máquina de lavar à maneira de carro de bébé. Às voltas dentro da máquina, escaldado, numa sopa de detergentes e sabões, e com uma pele branca, branca, branca, debate-se o Norberto, como um gato na água.
O Conde arrasta-me para longe daquele bacanal.
Na sala de fumo, há sobre o fogão um grande retrato do Allen , vestido de squire escocês. Olha o infinito e tem uma mão aberta sobre o peito, e segura na outra o "status bolletin" de 3 de Março de 1798.
Dele já só nos resta o retrato. Diz-se que foi raptado pela Dama Esbranquiçada. Nunca mais ninguém o viu. Explicou-me o Kikinho.
No chão, sob uma pesadìssima mesa de bronze renascentista, o senhor Leão Maia, estendido de boca aberta e expressão feroz, põe uma nota de exotismo.
O Rodrigues da Carga lê impassível um manual de canoagem, amalhado junto do fogão, onde arde o Rui de Sousa, soltando urros de selvático prazer.
Fui encontrar ali o Correia em animado bate-papo com a Irene. Ela era uma imponentìssima Cleópatra, vestida de plástico transparente, com uma cascavel também de plástico, enrolada na arquitectura do penteado. Ele um guru nefelibata e olheirento, meio definhado pela macrobiótica, envolto num lençol côr de açafrão e cabeça rapada..
Dizia a Irene:
-Ai Carlos, você não imagina como estou mal disposta! Não dormi nada durante a noite. Ontem fui jantar fóra, comi uma sopinha de pedra, um cozido à Portuguesa, depois um coelhinho à caçadora e um bacalhau à Zé do Pipo, que estava tão bom, que comi cinco postas; a minha sobremesa, foi só um pudinzinho de ovos, uma coisa assim pró simples, só com chantilly, veja lá, mais dez crepes de chocolate e meio litro de bagaço - um bagaço muito bom que trouxemos do Algarve em Setembro - e mesmo assim estou gorda!...Eu não
percebo...deve ser algums desarranjo hormonal, não acha?
-Ó Irene, você qualquer dia morre embatucada! Eu emagreci vinte kilos com a macrobiótica. A macrobiótica faz coisas espantosas. Na China, no século XIII, até se curava o cancro com a macrobiótica. A Medicina Ocidental é que está muito atrasada. A macrobiótica, até apressa revoluções! O Mao-Tsé-Tung chegou ao Poder pela Macrobiótica. A Macrobiótica evita o meteorismo, trata dos calos, incrementa o turismo, evita os noshows e regula os intestinos!...Sabia? Irene! Coma guizadinhos de soja com lentilhas e arroz integral. E quando tiver essas dôres de cabeça, coma uma colher de gomásio.
-Ora, não há nada que me faça emagrecer. Uma lágrima cai-lhe no opulento regaço.
-E tenho a tensão alta, será do pé de porco?
-Vê Na macrobiótica não há pé de porco. Só há pé de salsa. E todavia não deixa de comer o seu pèzinho de qualquer coisa. É óptimo!...
A Irene arrota fartura enquanto o Correia desfalece da macrobiótica.
Entrementes passa o Carlos Pinto muito bronzeado e embrulhado em papel vegetal. Vai mascarado de frango assado. A Irene só por ser o Pinto não o desfez logo à dentada.
-Olha, gritou ele para a Irene. Parece uma bolinha de golf descascada!
A Irene ofendida na sua faraónica compostura atira-lhe às trombas um pé de porco , que tirou da mala e grita:
-Sua galinha atravessada de gente, seu capão de Paço de Arcos, vá mas é chocar bolas de ping-pong! E arrancando a cobra da cabeça atira-a ao intruso que mortalmente mordido pela serpe estrebucha.
-Que boa cabidela! Que boa cabidela! Exulta o Rui de Sousa no meio das chamas.
-Ó homem, não vê que a galinha não foi sangrada. Não presta! Ajunta o Maia,num assomo de realismo, esmagado pela mesa renascentista..
Do andar superior, começa a ouvir-se estranhos gemidos:
-Cartoliiiiina ! Cartolliiiina!
Ante a minha estupefacção, o Conde esclarece:
-Não ligue, Dizem que é o fantasma do Kikinhenburg, mas a realidade é o paspalhão do Mascarenhas que apareceu mascarado de fantasma, meteu-se no sotão e não para de uivar
.-Cartoliiiiiiina! Cartoliiiiina!
Passámos à capela. Uma sinistra capela de ossos. No altar-mor, empoleirado numa pianha de pau-santo, o Duarte, disfarçado de Santa Teresinha do Menino Jesus.
Segura o Menino à ilharga com expressão dolorida. Quando descobre que tem expectadores, perde a compostura e o ar seráfico. Atira com o boneco, desaperta o cilício e alçando a estamanha, mostra a perna esquelética e cabeluda..
-Que é que foi? Nunca viu? E voltando-se para a Nossa Senhora de Fátima:
-Olha lá ó minha chungosa! Já te esqueceste do tempo em que andavas para aí a trepar às árvores? Isto é bom é para ti. Vou para a rebaldaria. Quero que tu te lixes mais as tuas caveiras. Boa noite-e sai , arrancando as vestes.
De dentro de um confessionário, assoma o Botelho em pijama e estremunhado:
-E se fossem fazer barulho para outro lado?
Percorremos ainda algumas salas antes de descer ao jardim, sobre o qual se abriam os balcões do deboche. Aí no meio do lago, o Sereno, vestido de Almirante Nelson, navegava nas águas agitadas pelo repuxo, a bordo de um barquinho de papel, que rodopiava vertiginosamente no remoinho do ralo.
Atrás, numa chalupa feita com o jornal "A luta", volteava já o Rui Lourenço.
No andar de cima progredia o deboche. O Prior Faustino dançava com o Coelhinho Côr de Rosa já com os pés ligados e as pernas ensaguentadas dos pontapés e pisadelas do mastronço.
Um senhor pequenino tentava a custo romper entre a multidão. Mascarado de peripatético, coroado de pâmpanos e heras, de clâmide côr de rosa, o Curado tangia lira. Dependurado da cinta, um volume de "Ensaios sobre a Metafísica dos Transportes Aéreos" e uma versão abreviada do "Manual das Boas Maneiras" da Elsa Maxwell.
De uma porta lateral - a porta do cavalo - vem o Mendonça, de Orlando Furioso. Paladino do amôr e da violência, monta um gigantesco cavalo de pau com asas de cartão e rodas. Veste armadura e vem de espada e alaúde , declamando Brecht, de olhos desorbitados, descabelado e escorrendo suores:
.
"Et la colère contre l.injustice
Rend rauque la voix. Helàs, nous,
Que voulions preparer le terrain à la amitié
Nous n.avons pu nous même être amicaux !"
.
E , ora com a espada, ora com o alaúde, desancava os peões mais próximos, que se contorciam uivando e pedindo clemência.
No tecto dois serafins de estuque - o Espuma e o Marcelo - de cara empoada, nariz vermelho e boquinha em coração, papudos como bácoros, troçavam dele, vergonhosamente. O Mendonça, roubando a carabina ao Vantacich, espetou-lhes três tiros no arcaboiço de gesso. Os querubins caiem desfeitos em cacos sobre a Dina, que meneava as ancas, vestida de Salomé, com o umbigo à mostra e, num prato, uma cabeça que me pareceu de porco, mas que ninguém descobriu quem era.
O cheiro do cadáver atraiu os corvos, que até ali se tinham mantido empoleirados no dossel. Com efeito, o Herdeiro e o Zé Carlos, atravessam os ares com um sinistro bater de asas, e vêm, crocitando lugubremente, poisar nos ombros de Orlando Furioso.
A turba de convidados pasma e cacareja, e, tomada de pânico, comprime-se contra as paredes. O Coelhinho Côr de Rosa esconde-se debaixo das saias da velha Marqueza que acariciava o lulu careca - o Rochinha.
Intervém o Conde , mandando servir a ceia para salvar o ambiente. E, como no teatro, logo surgem o Leandro e o Pereira de Sousa despidos de núbios,carregando numa padiola o Valter ,assado que nem um barrasco, com uma beterraba na boca e um alho porro onde a vossa imaginação assim o entender.
Atrás o Brito Dias mascarado de cão, fareja saltitante a febra.
Os convidados engalfinham-se sobre o cevado como abutres.. À primeira facada estoira-lhe a bocha e um numeroso bando de pintassilgos espalha-se chilreando pela sala, ante a estupefacçãp dos convivas.
Refocilavam todos na carcassa, quando se ouve grande grita no pátio. Aparece esbaforida a Marquesa do Lulu careca, que vinha de levar o animalzinho ao toillet:
-Um anarquista, um regicida Um nihilista iconoclasta! Salvem o meu "Lulu careca" Urrava, espremendo desvairadamente o Rochinha de encontro às mamas flácidas. O Lulu lambia-se indiferente ao drama. E o Filipe, que não dera pela vaia, dando-lhe palmadinhas no focinho:
-Não se mexe aí! Não se mexe no pipi!
Pânico. A turba atira-se furiosamente aos despojos como se quizesse morrer de barriga cheia. Gritos e atropelos em todas as direcções.
Nesse momento irrompe sala a dentro o João Oliveira, nervoso, pálido, olhar esgazeado, a barba rala a tremer-lhe de raiva e as mãos enclavinhadas na panela da pólvora.
-Esta é melhor que a panela da pólvora! Grita ele. É uma panela de pressão atómica. Uma caldeirada de átomos em desintegração, não escapa ninguém!
Gritaria medonha na assistência.
-Seus bandidos!Seus burgueses debochados! Só à bomba! Abaixo a decadência!Viva a liberdade! Viva a aanrquia!
-Espere! Grita o Coelhinho Côr de Rosa. Ainda não! Viva a decadência" E agarra-se a uma armadura medieval e beija-a raivosamente, tomando-a por alguém conhecido.
-É preciso construir tudo de novo! Viva a Anarquia.! E atira a panela para o meio da sala.
A festa explode! O castelo de Kikinhenburg vai fragorosamente pelos ares.
Horas depois, entre os destroços fumegantes, um estranho personagem, montado num burrelfo manco e chamuscado, lê em altas vozes, com a cabeleira e as barbas grisalhas em desalinho, parágrafos inteiros do "Capital".
O Herberto Gomes vestido de rústico, de colete e boné, enxada ao ombro,
escuta-o atentamente..

eles disseram

.
Luis Filipe Vieira tem azar, de cada vez que solta a ladaínha em defesa da "verdade no futebol" a equipa do clube encarrega-se de espelhar a verdade em campo.No Bessa, Vieira gritou:"chameM a polícia" - para investigar dois pretensos penalties que só os benfiquistas estão certos de terem visto e o árbitro não..Mais uma vez sob a forma de tragicomédia os acontecimentos deram-lhe razão:a polícia foi chamada ao Estádio da Luz para investigar o arrombamento e saque das instalações de uma claque benfiquista por outra...claque benfiquista, ao Centro de treinos do Seixal para pôr termo ao apedrejamento do autocarro do clube...por adeptos do Benfica
(MIGUEL SOUSA TAVARES).
.
Alberto João Jardim anunciou que pode vir a candidatar-se a Presidente do PSD nacional. Agora sim , é que aquilo vai virar mesmo um circo
(.
JOÃO DA NÓBREGA)
.
Há muita gritaria de militantes VIP, muita conspiração em restaurantes com guardanapo de pano, mas pouca vontade de dar o corpo ao manifesto pelo PSD.Convinha que o PSD deixasse ràpidamente de ser uma versão portuguesa dos Marretas, com uma data de tipos a fazer palhaçadas em palco, enquanto os veteranos passam o tempo a mandar bocas confortavelmente sentados no camarote
(JOÃO MIGUEL TAVARES)

anúncio

.
Anúncio

PRETA E SOLTEIRA Procuro companheiro macho, a origem étnica não é
importante. Sou muito boa fêmea e adoro BRINCADEIRAS. Gosto muito de
passeios nas matas, gosto de andar de jeep, de viagens para caçar, acampar e
pescar, de noites de inverno aconchegadas junto à lareira. Jantares à luz de
velas fazem que vá comer-lhe à mão. Quando voltar a casa do trabalho
esperá-lo-ei à porta, vestindo apenas o que a natureza me deu. Telefone para
218756420 e pergunte pela Micas. Aguardo notícias suas..

RESULTADO DO ANÚNCIO: Mais de 15.000 homens deram por si a telefonar para a
Sociedade Protectora dos Animais - Secção de Caninos....

o almoço de abril é já amanhã, 24

.


É na Associação de Cabo Verde, na Rua Duque de Palmela, 2-8º (Ao Marquês de Pombal)
Tem cachupa, mas não só
Aparece ,vai

O GATO SEQUESTRA A TAP

.

terça-feira, abril 22, 2008

preliminares

.
O pai está a ver as notas do filho:
- Ó Carlinhos, o que é isto? Só 3 a Matemática?
- A Setôra, perguntou: Quantos são 3x2. E eu respondi 6.
- E está certo, meu filho !
- A seguir perguntou: Quantos são 2x3.
- Foda-se! Não é a mesma coisa? - disse o pai.
- Foi o que eu respondi à setôra

entrámos na era de TOURO

.
Touro

21 de Abril a 20 de Maio

Elemento TERRA Qualidade FIXO Polaridade FEMININO
Planeta regente VENUS
Anatomia PESCOÇO GARGANTA
Signo oposto - ESCORPIÃO

Amável
Paciente
Determinado Possessivo
Preguiçoso
Obstinado

Touro ou Tauro é o segundo signo astrológico do zodíaco, situado entre Carneiro e Gêmeos e associado à constelação de Taurus. Seu símbolo é um boi. Forma com Virgem e Capricórnio a triplicidade dos signos da Terra. É também um dos quatro signos fixos, juntamente com Leão, Escorpião e Aquário. Com pequenas variações nas datas dependendo do ano, os taurinos são as pessoas nascidas entre 21 de Abril e 20 de Maio.

Mitologia
Osíris era deus dos mortos do Egito e aparecia com uma cabeça de touro. No Egipto, quando o touro sagrado morria, colocavam-lhe um disco de ouro entre os chifres (símbolo do sol, a força da vida) e era pranteado e mumificado. O voltear dos toureiros de hoje, entre os chifres do touro, lembra a dança em honra ao animal. Zeus se apaixonou por Europa, que brincava na praia. Transformou-se num belo touro branco e aproximou-se ajoelhando-se aos pés dela. Europa não resistiu e trepou em cima do touro, que a transportou pelo mar até a Ilha de Creta, onde a fecundou. Na constelação de Touro só aparece a sua parte dianteira, porque o resto ficou submerso no mar. Mais tarde, em Creta, Europa deu à luz ao futuro rei Minos; como rei tinha um belo rebanho de touros dedicados a Poseidon e disse-lhe que se o deus o fizesse rei dos Mares – símbolo da conquista marítima – ele lhe daria seu animal mais belo. Então Creta floresceu, tornando-se uma ilha forte, mas Minos era avarento e cobiçoso, não queria se desfazer daquilo que possuía e menos ainda, das melhores. Por isso resolveu enganar Poseidon oferecendo-lhe um touro de segunda categoria. Poseidon se aborreceu e pediu ajuda a Afrodite para vingar-se. Minos era casado com Pasifae e sua mulher apaixonou-se por um belo touro branco. Pasifae pediu ajuda a Dédalo, um arquiteto que vivia na corte, patrocinado pelo rei. Dédalo vendeu-se, colaborando contra seu benfeitor em troca de bens materiais, construindo uma espécie de vaca para Pasifae se disfarçar e poder se unir ao touro. Dessa união nasceu o Minotauro, um monstro metade homem, metade touro. O Minotauro representa o ser humano consumido pelos seus desejos e o conflito entre o lado humano e o bestial, existente em todos nós. O monstro precisava ser preso e o rei mandou Dédalo construir-lhe uma prisão: o labirinto. O labirinto foi, na verdade, um palácio complicado na Ilha de Creta, a fim de que não fosse invadido e, também, um mosaico desenhado no chão onde se dançava em honra dos deuses da fertilidade. Até hoje, ambos existem em Creta. Então, o Minotauro, preso no labirinto, exigia carne humana de atenienses, para comer de 9 em 9 anos. Representa o homem obcecado pelo seu apetite devorador e que nada lhe contém. Teseu, herdeiro do trono de Atenas, resolve ir dominar o Minotauro. Encontra Ariadne, filha do rei Minos que se apaixona pelo herói, e dá-lhe um novelo de linha, a fim de que pudesse entrar no labirinto sem se perder. O novelo simboliza um plano e um propósito que os taurinos devem ter para não entrarem cegamente numa empreitada de longo alcance. O labirinto é o emaranhado de desejos e sensações físicas e materiais do ser humano. Teseu mata o Minotauro e volta para sua terra, abandonando Ariadne. Minos fica furioso e prende Dédalo dentro do labirinto criado por ele, significando isso o artista aprisionado pela sua obra porque fez concessões, criando conforme a exigência do seu patrocinador e sacrificando a independência da sua criatividade.


Perfil Astrológico
Touro corresponde a plantar e criar raízes para se fixar, criando uma base sólida e estável na terra. Touro precisa extrair, possuir, acumular e conservar. Por isso, é o signo das posses e dos valores. Se você é taurino, identifica-se com assuntos relacionados às necessidades materiais e práticas da vida, que ofereçam estabilidade e segurança - tanto emocional como material. Tem bom-senso para lidar com valores, recursos e bens materiais, sejam pessoais ou de outros. Você valoriza qualidade de vida, conforto, beleza e prazeres como morar bem, ter boa aparência e farta alimentação. Para atingir seus objetivos possui muita capacidade de trabalho, preservação, paciência, perseverança. Interessam-lhe atividades ligadas à terra, à natureza, à estética e às artes. É talentoso para lidar com a matéria, o dinheiro, a terra, os alimentos, a forma, o concreto. Você tende ao ceticismo: dá valor às aparências, necessita ter provas e certezas de tudo e escolhe sempre o tangível, o palpável, o mensurável. Deve atentar para não desenvolver apatia, preguiça, gula, dependência, possessividade. Seus desafios são combater o pessimismo, a inércia, o conservadorismo e o apego à matéria. Prefere sempre o caminho mais seguro, escolhe sempre não enfrentar desafios e precisa equilibrar certa tendência à inércia e à acomodação. Dia da semana - sexta-Feira. Cores - rosa e verde claro. Pedras - quartzo rosa, turmalina rosa, safira.

Touro e Oxum
Na umbanda, Oxum rege TOURO e LIBRA. É orixá da fertilidade e da riqueza, símbolo também da sexualidade e por isso mesmo está associado ao signo de Touro. É ainda vaidoso, diplomata, tem muita ambição social, o que o aproxima das características impressas pelo signo de Libra. Corresponde a Vênus. É associada a diversas Nossas Senhoras.

QUEM SÃO OS NOSSOS TOUROS?

quem são os nossos touros:

TOURO
.
Nuno Matos .AMERICAS
Alexandra EUROPA 1
Lígia CH.REV
Ana Encarnação AMERICAS
Herberto Gomes
Calado Lopes
Domingues


OUTROS touros ilustres
Salazar, George Lucas ,Karl Marx ,James Brown
Keith Jarrett
Dorival Caymmi, Salvador Dali ,Íker Casillas
Jorge Ben , Sigmund Freud
Fred Astaire ,José de Alencar, William Shakespeare
David Beckham ,Chris Brown (cantor)
Vanderlei Luxemburgo ,
Saddam Hussein
José Sarney, Kaka ,
Orson Welles, Honoré de Balzac
Bono Vox
Jack Nicholson, George Clooney
Enrique Iglesias
Nicolau Maquiavel
Tony Blair, Dennis Bergkamp, Papa João Paulo II
Marcelo Rossi

SE HOUVER MAIS ALGUÉM QUE SEGUE TOURO, QUE SE ACUSE

CLIQUEM, E FIQUEM DE BOCA ABERTA

.
http://www.quizyourprofile.com/guessyournumber.swf

Acessem este site, e vejam o que acontece...

LEVADO AO EXAGERO

.
O ACORDO ORTOGRÁFICO
COM OS QUAL ESTOU,
PRAGMÁTICAMENTE DE
ACORDO, TERIA POR
ABSURDO ESTAS POS-
SIBILIDAES DE ACORDO
COM UM TEXTO CAÓTICO
DUM PROGRAMA IMAGINÁ-
RIO NO BRASIL:

PRIMEIRO ANO

No primeiro ano, o "Ç" vai substituir
o "S“ e o "C" sibilantes, e o "Z"
o "S“ suave.
Peçoas que açeçam a internet com
freqüênçia vão adorar, prinçipalmente
os adoleçentes. O "C" duro e o "QU“
em que o "U" não é pronunçiado çerão
trokados pelo "K", já ke o çom é
ekivalente.

Iço deve akabar kom a konfuzão, e os teklados de komputador terão uma tekla a menos, olha çó ke koiza prátika e ekonômika.

SEGUNDO ANO
Haverá um aumento do entuziasmo por
parte do públiko no çegundo ano,
kuando o problemátiko "H" mudo e
todos os acentos, inkluzive o til,
seraum eliminados.
O "CH" çera çimplifikado para "X“
e o "LH" pra "LI" ke da no mesmo
e e mais façil..
Iço fara kom ke palavras como
"onra" fikem 20% mais kurtas e akabara kom o problema de çaber komo çe eskreve xuxu, xa e xatiçe.
Da mesma forma, o "G" ço çera
uzado kuando o çom for komo em
"gordo", e çem o "U" porke naum
çera preçizo, ja ke kuando o çom
for igual ao de "G“ em "tigela",
uza-çe o "J" pra façilitar ainda
mais a vida da jente.

TERCEIRO ANO
No terçeiro ano, a açeitaçaum publika
da nova ortografia devera atinjir o
estajio em ke mudanças mais
komplikadas serão poçiveis. O governo
vai enkorajar a remoçaum de letras
dobradas que alem de desneçeçarias
çempre foraum um problema terivel
para as peçoas, que akabam fikando
kom teror de soletrar..
Alem diço, todos konkordaum ke os çinais de pontuaçaum komo virgulas dois pontos aspas e traveçaum
tambem çaum difíçeis de uzar e preçizam kair e olia falando çerio já vaum tarde.

QUARTO ANO
No kuarto ano todas as peçoas já
çeraum reçeptivas a koizas komo a
eliminaçaum do plural nos adjetivo e
nos substantivo e a unificaçaum do
U nas palavra toda ke termina kom
L como fuziu xakau ou kriminau ja ke
afinau a jente fala tudo iguau e açim
fika mais faciu.
Os karioka talvez naum gostem de
akabar com os plurau porke eles
gosta de falar xxx nos finau das
palavra mas vaum akabar entendendo.
Os paulista vaum adorar. Os goiano
vaum kerer aproveitar pra akabar com
o D nos jerundio mas ai tambem ja
e eskuliambaçaum.

QUINTO ANO
by Ivo
No kinto ano akaba a ipokrizia de
çe kolokar R no finau dakelas palavra
no infinitivo ja ke ningem fala mesmo
e tambem U ou I no meio das
palavra ke ningem pronunçia komo
por exemplo roba toca e enjenhero
e de uzar O ou E em palavra ke todo
mundo pronunçia como U ou I, i ai
im vez di çi iskreve pur ezemplu
kem ker falar kom ele vamu iskreve
kem ke fala kum eli ki e muito milio
çertu ?
os çinau di interogaçaum i di
isklamaçaum kontinuam pra jente çabe
kuandu algem ta fazendu uma pergunta
ou ta isclamandu ou gritandu kom
a jenti e o pontu pra jenti sabe
kuandu a fraze akabo.
Naum vai te mais problema ningem
vai te mais eça barera pra çua
açençaum çoçiau e çegurança
pçikolojika todu mundu vai iskreve
sempri çertu i çi intende muitu
melio i di forma mais façiu
e finaumenti

JOHORE BAHRU

.

EM JOHORE BAHRU, NA MALÁSIA, O ZÉ HERDEIRO, E A FERNANDA GASGAR

Ainda na viajem ao Oriente, de que aqui se tem falado, do grupo de 11 erreciasnos, demos um salto à Malásia, e em Johore Bahru, nos jardins do Palácio Presidencial um italiano que por lá andava, fêz questão de posar para a posteridade com a Fernanda Gaspar.
Aqui damos testeunha do momento

não se paga

.
Aluguer de contadores de água, luz e gás acaba no próximo mês de Maio

Os consumidores vão deixar de pagar os alugueres de contadores de água, luz ou gás a partir de 26 de Maio próximo. Nesta data entra também em vigor a proibição de cobrança bimestral ou trimestral destes serviços, segundo um diploma que foi ontem publicado na edição do Diário da República.

A factura de todos aqueles serviços públicos vai ser obrigatoriamente enviada mensalmente, evitando o acumular de dois ou três meses de facturação, indica a Lei 12/2008, ontem publicada no boletim oficial e que altera um diploma de 1996 sobre os 'serviços públicos essenciais'.

A nova legislação passa a considerar o telefone fixo também como um serviço essencial e inclui igualmente nesta figura as comunicações móveis e via Internet, além do gás natural, serviços postais, gestão do lixo doméstico e recolha e tratamento dos esgotos.
O diploma põe fim à cobrança pelo aluguer dos contadores feita pelas empresas que fazem o abastecimento de água, gás e electricidade.

Também o prazo para a suspensão do fornecimento destes serviços, por falta de pagamento, passa a ser de dez dias após esse incumprimento , mais dois dias do que estava previsto no actual regime.

Outra mudança importante é o facto de o diploma abranger igualmente os prestadores privados daqueles serviços, classificando-os como serviço público, independentemente da natureza jurídica da entidade que o presta. Numa reacção à publicação do diploma em causa, 'a Deco congratula-se com estas alterações, há muito reivindicadas', afirmou à agência Lusa Luís Pisco, jurista da associação de defesa do consumidor.

O diploma ontem publicado, para entrar em vigor a 26 de Maio, proíbe também a cobrança aos utentes de qualquer valor pela amortização ou inspecção periódica dos contadores, ou de 'qualquer outra taxa de efeito equivalente'.

segunda-feira, abril 21, 2008

actualidade

.

PALPITES - 3ª.JORNADA -ABRIL

.

O VENCEDOR DESTA JORNADA
FOI O JOÃO ROQUE, QUE
PULA 7 LUGARES E É
AGORA 3º. DA GERAL.

O LÍDER CONTINUA A
SER O MENDONÇA COM
3 PONTOS DE AVANÇO
SOBRE O FRANCISCO E
5 SOBRE O JOÃO ROQUE.



JOGOS;
.
BELENENSES-SETUBAL....5-0
PORTO-BENFICA.........2-0 (FRANCISCO)
U.LEIRIA-SPORTING.....4-1
ACADEMICA-GUIMARÃES...0-0

NA JORNADA

1.JOÃO ROQUE...10
2.Mendonça.....11
3.Francisco....12
4.Valente......14
5.Nuno Matos...15
6.Ligia........16
7.Cotrim,Miranda,Peixoto,Azevedo...17
8.Paulo Pereira...18
9.Vitor,Tiago,Leonor,Herdeiro...19
10Carmen,Pedro G.Vaz...21
11Filipa...22

classificação geral ACTUAL

1.MENDONÇA.........29..EX-RC-LISRY/SPORTING
2.Francisco........32..AFRICAS/SPORTING
3.João Roque.......34..TAP-GENEVE/SPORTING
4.Valente............35..PORTUGAL-ESPANHA/SPORTING
5.Ligia...............36..CHF-REV/BENFICA
6.Cotrim.............37..GRP.DESK/BENFICA
7.Pedro Pereira...41..BACKOFFICE-AVAILABILITY/BENFICA
8.Carmen............42..BACKOFFICE-SQQ/BENFICA
..Leonor............42..GRP.DESK/SPORTING
..Herdeiro.........42..EX-RC-REV/SPORTING
..Azevedo..........42..EX-RC-LISRY/SPORTING
..Nuno Matos.......42..AMERICAS/BENFICA
9.Vitor Santos.......43..BACKOFFICE-SQQ/ATLETICO
10Filipa..............47..PORTUGAL-ESPANHA/BENFICA
..Pedro G.Vaz......47..LISRY/BENFICA
..Miranda..........47..EX-RC-REV/BENFICA
11Peixoto...........48..EX-RC/BENFICA
12Tiago..............51..PRICING-EUROPA2/BENFICA

gente nossa

.

SUSANA PALHA, ANA ENCARNAÇÃO, ANABELA MATEUS, CARLA SACRAMENTO,CÁTIA PALHA E FILOMENA

domingo, abril 20, 2008

PALPITES - 3ª.JORNADA . ABRIL - info intercalar

.

CONCLUÍDOS 3 JOGOS DESTA
3ª.JORNADA, O MENDONÇA
CONTINUA LÍDER, AGORA COM 3
PONTOS DE AVANÇO SOBRE
O FRANCISCO E 3 SOBRE
O COTRIM E O JOÃO ROQUE.

ATÉ AGORA, QUEM ESTÁ A
PERDER MENOS PONTOS NESTA
JORNADA É O JOÃO ROQUE.


JOGOS JÁ JOGADOS:



PORTO-BENFICA........2-0 (FRANCISCO)
U,LEIRIA-SPORTING....4-1
ACADEMICA-GUIMARÃES..0-0 (MENDONÇA,JOÃO ROQUE)
.
na jornada
.
1.JOÃO ROQUE...6
2.Mendonça.....7
3.Francicsco...8
4.Valente,Cotrim.....10
5.Tiago,Leonor,Nuno Matos...11
6.Ligia...12
7.Miranda,Peixoto,Azevedo...13
8.Carmen,Filipa,Pedro G.Vaz...14
9.Pedro Pereira...15
10.Vitor,Herdeiro...16
.
Na geral intercalar

1.MENDONÇA...25
2.Francisco..28
3.Cotrim,João Roque...30
4.Valente...31
5.Ligia...32
6.Leonor...34
7.Carmen...35
8.Pedro Pereira,Azevedo,Nuno Matos...38
9.Herdeiro,Filipa...39
10Pedro G.Vaz,Vitor...40
11Miranda,Tiago...43
12Peixoto...44

Falta o jogo Belenses-Setubal a disputar àmanhã 2ª.feira

eles disseram

.

A derrota é o menos, importante:o que interessa é que ,duramte 10 ou 20 segundos, fui a cara do Benfica.Um simbolo do Benfica, sem o saber na final do Sporting-Benfica tinha realizado o sonho da minha vida.As câmaras da televisão filmaram a minha cara, e há quem tenha dito que eu apareço ali como símbolo da derrota do Benfica e aquele destaque, embora imerecido é insuperàvelmente honroso.
(RICARDO ARAÚJO PEREIRA)
.
Quando Paulo Bento começa a perorar com tranquilidade com aquele cabelo "à foda-se" qualquer cidadão se rende à imagem e ao seu saber.
(VALERIO SILVESTRE)
.
A grande consequência do "caso" Fernanda Câncio, foi que o PSD se mostou como um partido não só dividido e comandado por uma Direcção delirante, mas também como um Partido pouco respeitável, que excedeu a tolerância do português comum.
(VASCO PULIDO VALENTE)