quarta-feira, março 31, 2010

preliminares

.
Foi tudo muito rápido. A executiva bem-sucedida sentiu uma pontada no peito,
> vacilou, cambaleou. Deu um gemido e apagou. Quando voltou a abrir os olhos,
> viu-se diante de um imenso Portal.
> Ainda meio zonza, atravessou-o e viu uma miríade de pessoas.Todas vestindo
> cândidos camisolões e caminhando despreocupadas. Sem entender bem o que
> estava acontecendo, a executiva bem-sucedida abordou um dos passantes:
> - Enfermeiro, eu preciso voltar urgente para o meu escritório, porque tenho
> um meeting importantíssimo. Aliás, acho que fui trazida para cá por engano,
> porque meu convênio médico é classe A, e isto aqui está me parecendo mais um
> pronto-socorro. Onde é que nós estamos?
> - No céu.
> - No céu?...
> - É.
> - Tipo assim... o céu, CÉU...! Aquele com querubins voando e coisas do
> gênero?
> - Certamente. Aqui todos vivemos em estado de gozo permanente.
> Apesar das óbvias evidências nenhuma poluição, todo mundo sorrindo, ninguém
> usando telefone celular), a executiva bem-sucedida custou um pouco a admitir
> que havia mesmo apitado na curva.
> Tentou então o plano B: convencer o interlocutor, por meio das infalíveis
> técnicas avançadas de negociação, de que aquela situação era inaceitável.
> Porque, ponderou, dali a uma semana ela iria receber o bônus anual, além de
> estar fortemente cotada para assumir a posição de presidente do conselho de
> administração da empresa.
> E foi aí que o interlocutor sugeriu:
> - Talvez seja melhor você conversar com Pedro, o síndico.
> - É? E como é que eu marco uma audiência? Ele tem secretária?
> - Não, não. Basta estalar os dedos e ele aparece.
> - Assim? (...)
> - Pois não?
> A executiva bem-sucedida quase desaba da nuvem. À sua frente, imponente,
> segurando uma chave que mais parecia um martelo, estava o próprio Pedro.
> Mas, a executiva havia feito um curso intensivo de approach para situações
> inesperadas e reagiu rapidinho:
> - Bom dia. Muito prazer. Belas sandálias. Eu sou uma executiva bem-sucedida
> e...
> - Executiva... Que palavra estranha. De que século você veio?
> - Do 21. O distinto vai me dizer que não conhece o termo 'executiva'?
> - Já ouvi falar. Mas não é do meu tempo.
> Foi então que a executiva bem-sucedida teve um insight. A máxima autoridade
> ali no paraíso aparentava ser um zero à esquerda em modernas técnicas de
> gestão empresarial. Logo, com seu brilhante currículo tecnocrático, a
> executiva poderia rapidamente assumir uma posição hierárquica, por assim
> dizer, celestial ali na organização.
> - Sabe, meu caro Pedro. Se você me permite, eu gostaria de lhe fazer uma
> proposta. Basta olhar para esse povo todo aí, só batendo papo e andando a
> toa, para perceber que aqui no Paraíso há enormes oportunidades para dar um
> upgrade na produtividade sistêmica.
> - É mesmo?
> - Pode acreditar, porque tenho PHD em reengenharia. Por exemplo, não vejo
> ninguém usando crachá. Como é que a gente sabe quem é quem aqui, e quem faz
> o quê?
> - Ah, não sabemos.
> - Entendeu o meu ponto? Sem controle, há dispersão. E dispersão gera
> desmotivação. Com o tempo isto aqui vai acabar virando uma anarquia. Mas nós
> dois podemos consertar tudo isso rapidinho implementando um simples programa
> de targets individuais e avaliação de performance.
> - Que interessante...
> - É claro que, antes de tudo, precisaríamos de uma hierarquização e um
> organograma funcional, nada que dinâmicas de grupo e avaliações de perfis
> psicológicos não consigam resolver.
> - !!!...???...!!!...???...!!!
> - Aí, contrataríamos uma consultoria especializada para nos ajudar a definir
> as estratégias operacionais e estabeleceríamos algumas metas factíveis de
> leverage, maximizando, dessa forma, o retorno do investimento do Grande
> Acionista... Ele existe, certo?
> - Sobre todas as coisas.
> - Ótimo. O passo seguinte seria partir para um downsizing progressivo,
> encontrar sinergias high-tech, redigir manuais de procedimento, definir o
> marketing mix e investir no desenvolvimento de produtos alternativos de alto
> valor agregado. O mercado telestérico, por exemplo, me parece extremamente
> atrativo.
> - Incrível!
> - É óbvio que, para conseguir tudo isso, nós dois teremos que nomear um
> board de altíssimo nível. Com um pacote de remuneração atraente, é claro.
> Coisa assim de salário de seis dígitos e todos os fringe benefits e
> mordomias de praxe. Porque, agora falando de colega para colega, tenho
> certeza de que você vai concordar comigo, Pedro. O desafio que temos pela
> frente vai resultar em um Turnaround radical.
> - Impressionante!
> - Isso significa que podemos partir para a implementação?
> - Não. Significa que você terá um futuro brilhante... se for trabalhar com o
> nosso concorrente. Porque você acaba de descrever, exatamente, como funciona
> o Inferno...
>
>
> Max Gehringer
> (Revista Exame)

ooops

.

PRÉMIO ENSAIO EDUARDO PRADO COELHO, artibuido a VITOR AGUIAR E SILVA

.
A PRIMEIRA EDIÇÃO DO PRÉMIO
ENSAIO EDUARDO PRADO COELHO
FOI GANHO POR VITOR AGUIAR
E SILVA

Vítor Aguiar e Silva vence Prémio Ensaio Eduardo Prado Coelho


Autor de ensaio receberá 7500 euros

Vítor Aguiar e Silva é o primeiro vencedor do Grande Prémio Ensaio Eduardo Prado Coelho da Associação Portuguesa de Escritores pelo seu livro "Jorge de Sena e Camões - Trinta Anos de Amor e Melancolia". A deliberação do júri teve resultado unânime.

A decisão sobre o livro da editora Angelus Novus foi tomada pelos jurados António Pedro Pita, José Cândido Martins e Paula Cristina Costa.

O prémio, que todos os anos distinguirá uma obra de ensaio literária publicada em livro, consiste em 7500 euros e tem o patrocínio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. Distingue, anualmente, uma obra de ensaio literário, publicada em livro.

Vítor Aguiar e Silva nasceu em 1939. Estudou e ensinou na Universidade de Coimbra, onde foi professor catedrático da Faculdade de Letras. Em 1989, transferiu-se para a Universidade do Minho, onde foi professor catedrático do Instituto de Letras e Ciências Humanas, fundou e dirigiu o Centro de Estudos Humanísticos e a revista Diacrítica e desempenhou as funções de vice-reitor.

Tem-se dedicado sobretudo ao estudo da Teoria da Literatura bem como da Literatura Portuguesa do Maneirismo, do Barroco e do Modernismo.

Publicou, entre outros, os trabalhos "Para uma interpretação do Classicismo", "Maneirismo e Barroco na Poesia Lírica Portuguesa", "Teoria da Literatura", "Competência Linguística e Competência Literária: Sobre a possibilidade de uma poética gerativa", "Análise e Metodologias Literárias" e "Camões: Labirintos e Fascínios", obra distinguida com o Prémio de Ensaio da Associação Portuguesa de Críticos Literários e da Associação Portuguesa de Escritores.

O investigador já foi galardoado com o Prémio Vergílio Ferreira, atribuído pela Universidade de Évora, em 2002. Em 2007, foi-lhe entregue o Prémio Vida Literária, instituído pela Associação Portuguesa de Escritores e em 2009 foi o vencedor do Prémio D. Diniz atribuído pela Fundação da Casa de Mateus.

O prémio será entregue a 23 de Abril num colóquio dedicado a Eduardo Prado Coelho na Biblioteca Municipal de Vila Nova de Famalicão.

PALPITES 2015..

terça-feira, março 30, 2010

POEMA "A CRIAÇÃO DA XOXOTA"

.
A criação da Xoxota

segundo Mario Quintana

*Por ocasião do centenário do grande poeta gaúcho, versos de puro lirismo! *

* Sete bons homens de fino saber *
* Criaram a xoxota, como pode se ver: *
* Chegando na frente, veio um açougueiro. *
* Com faca afiada deu talho certeiro *
* Um bom marceneiro, com dedicação. *
* Fez furo no centro com malho e formão *
* Em terceiro o alfaiate, capaz e moderno. *
* Forrou com veludo o lado interno *
* Um bom caçador, chegando na hora. *
* Forrou com raposa, a parte de fora. *
* Em quinto chegou, sagaz pescador. *
* Esfregando um peixe, deu-lhe o odor.. *
* Em sexto, o bom padre da igreja daqui. *
* Benzeu-a dizendo: 'É só pra xixi!'. *
* Por fim o marujo, zarolho e perneta. *
* Chupou-a, fodeu-a e chamou-a... *
* Buceta! *

Mário Quintana
* Putaria também é cultura!*

actualidade

.

A TRANCA CHEGOU A BIGUAÇU

.
A TRANCA CONTINUA A AVANÇAR
PELO MAPA DO BRASIL ,A SER
LIDA EM TODOS OS SEUS ESTADOS .
HOJE FOMOS ACESSADOS POR
BIGUAÇU, NO ESTADO DE SANTA
CATGARINA

Biguaçu


Divisa a oeste com o município de Antônio Carlos, a leste com o oceano Atlântico (Baia Norte da Ilha de Santa Catarina, onde se localiza a capital do estado, Florianópolis) e também com o município de Governador Celso Ramos. Divisa ao norte com Tijucas e Canelinha e ao sul com o município de São José.



Situada entre os dois maiores portos catarinenses, Itajaí e Imbituba, e próximo da capital, além de ter saída para o mar, sem contar na facilidade de acesso, já que a BR-101 duplicada corta o município, e a BR-282, que liga a capital catarinense ao interior do estado fica a apenas 12 km de distância, por via duplicada e de fácil acesso.

Possui uma área de 324,5 km².


Demografia
Composição populacional
Pelo censo populacional de 2000, em torno de 89% da população se declarou de cor branca e 5% negra. As etnias que fizeram o município são de origem basicamente luso-açoriana, com expressivas minorias negra e alemã. Com as migrações causadas com o fenômeno do exôdo rural, forte a partir de meados da década de 1980 no estado catarinense, o elemento caboclo, vindo do planalto serrano do sul brasileiro, junto com descendentes de alemães e italianos vindos do oeste catarinense e interior do Rio Grande do Sul acabaram por tornar-se numericamente importantes, tornando ainda mais vultosa a diversidade étnico-cultural no município. Há ainda no município uma pequena comunidade indígena de base guarani que chegou de migrações ao longo do sul do país por volta de fins da década de 1970.

Desenvolvimento populacional
Sua população estimada em 2008 era de 55.665 habitantes, onde mais de 90% reside em área urbana, apresentando um forte crescimento populacional desde meados da década de 1980, o que levou a dobrar de população no espaço de duas décadas. O motor de atração populacional é a proximidade com a capital do Estado, atraindo pessoas de baixo poder aquisitivo que ocuparam bairros e loteamentos com pouca infraestrutura física, caracterizando-se como típica cidade dormitório. A despeito do tamanho da população, o município apresenta pouca característica urbana, já que os bairros se articularam em torno da rodovia BR 101, com pouca ou nenhuma ligação entre estes, com suas ruas voltadas ao fácil escoamento em direção a esta rodovia, testemunhando a forma de ocupação periférica e sem planejamento do município.

Economia
A economia do município até a década de 1970 dependia principalmente da agricultura, pecuária e pesca. Atualmente, a indústria responde pela maior parte dos empregos gerados no município, junto com um comércio em expansão. O município dispõe de boas áreas para instalação de plantas industriais e conta com acesso ao gás natural, pois possui uma distribuidora da Petrobrás. A agricultura também ainda é representativa. A pesca atualmente é insignificante, ainda praticada a nível apenas artesanal, embora o município tenha um potencial hidráulico considerável. Os principais produtos industriais do município derivam da indústria de plástico e alimentícia. A agricultura produz principalmente plantas para jardinagem, com destaque para a produção de gramas e palmeiras, além da produção de verduras para o comércio regional.

Educação
O município de Biguaçu conta com boa rede de ensino fundamental e médio (antiga primária e secundária). A prefeitura tem por hábito garantir o transporte escolar no interior do município e praticamente 100% das crianças em idade escolar estão na escola. O município nos últimos anos teve uma boa expansão da oferta de cursos profissionalizantes destinado ao mercado de trabalho regional. Possui ainda um campus universitário, com mais de uma dezena de cursos tradicionais, mantido pela UNIVALI, particular. Também conta com a proximidade das universidades públicas na capital Florianópolis, como a UDESC (estadual) e UFSC (federal), esta última entre as 5 maiores do país.

Meio ambiente
O município fica em uma região onde a mata atlântica predomina, embora hoje esteja restrita a morros ou pequenas areas residuais. O descaso com o meio ambiente é grande, assim como no resto do território brasileiro. O município ainda não possui rede de tratamento de esgotos, que faz com que praticamente todos os rios e o litoral marítimo estejam poluídos. Não há reservas ambientais ou plano de prevenção à ocupação desordenada do solo. Devido a forte especulação imobiliária, espaços verdes diminuem rapidamente. O município também deve encontrar dificuldades no abastecimento de água potável no futuro próximo, já que praticamente toda água consumida no município vem de outras cidades, aliando-se ao alto crescimento populacional da região, embora o potencial hidríco seja considerável, faltando apenas sua proteção e uso racional.

História e cultura
Biguaçu encontra-se muito ligada à capital Florianópolis, seja na questão da oferta de empregos e na educação, onde muitos moradores trabalham e estudam na capital, tornando o município característico de cidade-dormitório, ou mesmo na questão cultural, onde a cultura de base açoriana-catarinense encontra forte expressão.

História
É um dos municípios mais antigos de Santa Catarina, sendo sua origem a Vila de São Miguel da Terra Firme, a criação da Póvoa de São Miguel, nos termos da Provisão de 9 de agosto de 1747, com a chegada dos primeiros açorianos. Iniciaram-se logo os trabalhos de construção da igreja matriz, feita de pau-a-pique e coberta de telhas, que foi dedicada a São Miguel Arcanjo. Achava-se edificada no mesmo lugar onde hoje ainda se encontra a centenária igreja. Em 17 de maio de 1833 torna-se município desmembrando-se da então sede da Capitania de Santa Catarina, Nossa Senhora do Desterro. Em 1886 a sede do município sai da vila de São Miguel e vai para a sede atual, às margens do Rio Biguaçu. Em 1910 o nome é mudado para Biguaçu.

Durante alguns meses no final do século XVIII, a 31 de maio de 1778, foi capital da província de Santa Catarina, quando da invasão espanhola à ilha de Santa Catarina e sua capital, Desterro (atual Florianópolis).

Quando da sua fundação em 1833 o território compreendia do atual Rio Carolina, divisa com São José ao Rio Camboriú, atual município de Balneário Camboriú, chegando aos limites da Serra Geral. A onda de desmembramentos para a fundação de novos municípios termina somente na década de 1960, com o desmembramento da região do Alto Biguaçu, atual município de Antônio Carlos e as antigas freguesias de Ganchos e Armação da Piedade, unidas no município de Governador Celso Ramos.


A Origem do Nome Biguaçu
O verdadeiro significado do nome "Biguaçu" não é "Biguá Grande", mas "Grande Cerca de Paus" ou " Cerca Grande". A prova encontra-se no primeiro registro de terras da região, datado de 1753. Aqui um resumo da pesquisa empreendida em 1998 que decifrou a origem do nome, perdida ao longo dos séculos.

1) GUAMBÝGOASU- Era o nome original da região conhecida por "Biguaçu" no século XVIII. Significa " Grande Cerca de Paus" ou " Cerca Grande" na língua indígena guarani. Os índios mais antigos do litoral catarinense, os carijós, exterminados pelos bandeirantes ao longo dos anos 1500 e 1600, falavam um dialeto do guarani.


2) EMBIGOASU- É como está escrito no primeiro registro de terras na região que hoje faz parte do município de Biguaçu. O registro é de 1753. O "GUAMBÝ" tendeu a ser pronunciado pelo povo como " EMBI". Em outros estados, tornou-se "EMBU" (SP), "EMBO" (PR) e "IMBI" (RS). Daí "GUAMBÝ" + "GOASU" virou " EMBI+ GOASU".

3) "BIGOASU=BIGUÁ+ AÇÚ" (Biguá Grande") - Tendendo o povo a não pronunciar o "EM" inicial, a palavra "Embigoasu" ficou reduzida para "BIGOASÚ" (`Biguaçu como é escrito hoje). Ora, ficou parecida como " Biguá+ Açú", que passou a ser traduzido como " BIGUÁ GRANDE". POR COINCIDÊNCIA, existe um pássaro chamado BIGUÁ e, MAIS COINCIDÊNCIA AINDA, há muitos desses pássaros, inclusive ainda hoje, no rio que deu nome à cidade, hoje sede do município de "Biguaçu". No entanto, a tradução do nome como " Biguá Grande", tal como ficou conhecido pelo foi, foi UM GRANDE ENGANO que se perpetuou ao longo dos últimos dois séculos.

4) "BIGUAÇU" NÃO É "BIGUÁ GRANDE"- Em 1988, o historiador nascido em Antônio Carlos (SC), padre Raulino Reitz (1919-1990), publicou seu livro "Alto Biguaçu". Nesta obra, Reitz comprovou que "Biguaçu" não significa "Biguá Grande". Como comprovou sua tese? Simples. Existe uma espécie de dicionário como o nome de todos os animais existentes na fauna do Brasil. Neste livrão, consta o pássaro "Biguá". Mas é só isso; mais nada. Não consta nenhum " BiguAÇU" e muito menos " BiguaMIRIM". Portanto, "BiguAÇU" é um pássaro que não existe, conforme comprovou Reitz. Apesar de sua descoberta comprovada cientificamente, a secretaria municipal de educação de Biguaçu ainda persistem, em seus manuais, a apresentar a versão "Biguá Grande".

5) A VERSÃO DE QUE "BIGUAÇU" VEM DE UMA ÁRVORE- Raulino Reitz comprovou que "Biguaçu" não é " Biguá Grande", uma ave que não existe. Existe uma árvore que o povo conhece pelo nome de "Baguaçu". Há outros que chamam a árvore de "biguaçu". Padre Raulino defendeu a tese que "Biguaçu" vem da árvore. SÓ QUE ELE ENTROU EM OUTRO ENGANO. Afinal, a teoria de Reitz que "Biguaçu" é uma árvore não se sustenta. Primeiro porque ele não apresentou qualquer documento provando essa teoria. Segundo, plantar árvores biguaçu, vindas da Ásia, não tem lógica por sua falta de valor comercial. E se a árvore é asiática, só poderia aparecer em São Miguel se fossem trazidas pelos colonizadores europeus. Por que, então, a região era chamada de "Embigoasú"? Ora, esse era o nome do rio, conforme o citado registro de terra de 1753.

6) BIGUAÇU- Cerca Grande- O argumento comprovado cientificamente, conforme atesta o maior especialista de línguas indígenas, Prof. Dr. Aryon Dall´Igna Rodrigues, consultado pelo jornalista Ozias Alves Jr, na pesquisa em que decifrou a verdadeira origem do nome "Biguaçu".

7) EVOLUÇÃO DA PALAVRA: GUAMBÝGOASU- EMBIGOASU- BIGUASSÚ- BIGUAÇU.

Publicado pelo jornalista Ozias Alves Jr,em 1998 no jornal Biguaçu em Foco, no qual ele é editor e proprietário.

os nossos artistas - CASCADA E CHICO DIAS

relação desgastante

A 30 DE MARÇO DE 1492, FOI ASSINADO O TRATADO DE ALHAMBRA, QUE DECRETOU A EXPULSÃO DOS JUDEUS DE ESPANHA

.
Decreto de Alhambra


O Decreto de Alhambra foi um decreto régio promulgado pelos Reis Católicos (Isabel I de Castela e o rei Fernando II de Aragão), ordenando a expulsão ou conversão forçada da população judaica da Espanha, e levando à fuga e dispersão dos sefarditas (judeu espanhóis) pelo Magrebe, Médio Oriente e sudeste da Europa. Foi escrito por Juan de Coloma, o secretário real, e assinado em Alhambra, Granada, a 30 de Março de 1492.

Aceite com resignação por grande parte da comunidade judaica, uma notável excepção foi o rabino D. Isaac Abravanel. Um documento fictício, atribuído a Isaac Abravanel, que seria uma resposta escrita a esse decreto, foi na verdade forjado por David Rafael em 1988. No seguimento do seu falhanço em convencer os reis católicos a cancelar o decreto, teria escrito uma resposta pungente e profética ao decreto, nas vésperas da sua partida. A origem real do documento encontra-se numa obra de ficção publicada em 1988, intitulada Alhambra Decree do autor David Raphael.[

segunda-feira, março 29, 2010

PALPITES - CONCURSO ABRIL-MAIO

.
ESTA SEMANA NÃO HÁ PALPITES
POIS GRANDE PARTE DO PESSOAL
ESTÁ DE FÉRIAS DE PÁSCOA

Os Palpites do Concurso Abri-Maio vão pois começar no fim de semana 10-11 DE APRIL, E SERÁ O ULTIMO DESTA ÉPOCA.

Depois, teremos os Palpites do Campeonato do Mundo que serão mais alargados como em anos de Europeu e Mundial

O BENFICA EM FOCO, NO WALL STREET JOURNAL

.
MATÉRIA SAÍDA ONTEM NO
WALL STREET JOURNAL
A TRANCA TRANSCREVE COMO
PRENDINHA PARA OS NOS-
SOS COLEGAS LAMPIÕES:




SL Benfica centerback Luisão is not who immediately comes to mind when you think of Brazilian soccer. Fittingly, for a man whose name literally means "Big Luís", his 6-foot-4 frame is long and muscular and, while his main responsibility is taking opposing center-forwards out of the game, he has a knack for popping up with important goals.


He did just that on Saturday, giving Benfica, at the top of the Portuguese League, the 1-0 win over second-place Sporting Braga which, in all likelihood will seal the club's record 32nd domestic championship. Benfica now boasts a six-point lead with six games to go and it's hard to see it throwing away the title.

You can only imagine what the party will be like when the crown does return to the club's Estadio do Luz for the first time since 2005. Benfica is far and away the country's best-supported club, and has more than 200,000 fans worldwide who pay around $210 a year for the privilege of calling themselves "socios" or club members. According to club officials, no team in the world has more paid-up members. And, for a relatively small nation like Portugal, its fan diaspora stretches all over the world. "Casa do Benfica" ("House of Benfica") fan clubs can be found in places as diverse as Johannesburg, South Africa; San Jose, California; Luanda, Angola; and Sydney, Australia.

And yet, Benfica has become something of a by-word for underachievement. In the past 15 years, the club has won just one league title, watching helpless as Porto—its rival from the north of the country—established itself as a force, not just in Portugal, but in Europe as well (witness the UEFA Cup and Champions League cups won under Jose Mourinho).

Last summer, Benfica rolled the dice and spent heavily to redress the imbalance. Some $45 million was spent, with just $7 million recouped in sales. In came, among others, Ramires—at 23 years old already a regular in midfield for Brazil—and Javi Garcia, a promising defensive midfielder from Real Madrid. One of the more interesting signings however was Argentine striker Javier Saviola, who rejoined playmaker Pablo Aimar a decade after the pair set South American soccer alight.

Back in the fall of 1999, Mr. Aimar and Mr. Saviola, 19 and 17 respectively at the time, formed a devastating partnership for Argentina's River Plate, whom they led to the Apertura and Clausura championships. Their precocious success led to call-ups to the national team and big-money moves to top European sides. Mr. Aimar joined Valencia in January 2001 for a club-record $32 million and, six months later, Mr. Saviola transferred to Barcelona for $20 million.

Both hit the ground running. Mr. Aimar led Valencia to two Spanish titles and a UEFA Cup, while Mr. Saviola scored sixty goals in his first three seasons at Barcelona. But then something unusual happened. Their performances dropped off severely. Mr. Aimar remained at Valencia until 2006, though by the end he was a shadow of former self. This was followed by two lackluster seasons at Zaragoza, the second blighted by relegation. Mr. Saviola was loaned out to Monaco and Seville, both times failing to make his mark. After another year as a bit player at Barcelona, arch-rival Real Madrid picked him up as a free agent, but, again he was a marginal figure, making just six league starts in two seasons.

But in the summer of 2008, Benfica took a gamble on Mr. Aimar and, after an injury-slowed first half of the campaign, he excelled towards the end of 2008-09 season. So much so that the club decided to repeat the exercise with Mr. Saviola, whom Real Madrid was looking to off-load.

The pair have enjoyed a renaissance—Mr. Saviola has scored 17 goals and Mr. Aimar is back to his creative best—and, at 28 and 30 respectively, both have a number of good seasons left in them. Together with countryman Angel Di Maria—arguably Benfica's player of the season and, at 22, a likely target for Europe's top clubs this summer—the Argentine trio have been the driving force behind Benfica's resurgence.

With the league all but wrapped up, Benfica can now focus on European competition. On Thursday it takes on Liverpool in the quarterfinals of the Europa League. Benfica's legion of fans are once again dreaming, harking back to the early 1960s and the days of Eusebio and Mario Coluna, when the club twice won the European Cup.
Teams Making Delap's Throw-In Difficult


.

ooops

.
Um autarca búlgaro perdeu o cargo devido a estar no Farmville durante uma reunião do executivo camarário. O político foi apanhado a ordenhar uma vaca virtual"

preliminares

.
Marido e mulher estão a jantar num belo restaurante quando entra uma rapariga absolutamente fantástica, que se dirige à mesa deles, dá um beijo apaixonado ao marido, diz:
- Vemo-nos mais tarde... - E vai-se embora.
A mulher fita o marido furiosa e pergunta:
- Quem diabo era aquela?
- Oh - responde o marido, - é a minha amante.
- Ah é? Pois esta foi a última gota de água!- diz a mulher.
- Para mim chega! Quero o divórcio!
- Compreendo - responde o marido, - mas lembra-te, se nos divorciarmos acabam-se as compras em Paris, os Invernos na República Domincana, os Verões em Itália, os Porsches e Ferraris na garagem e o Iate. Mas a decisão é tua.
Nesse momento entra um amigo comum no restaurante com uma loura estonteante pelo braço.
- Quem é aquela mulher que entrou com o Bernardo? - pergunta ela.
- É a amante dele! - responde o marido.
- A nossa é mais bonita! - responde a mulher ...

domingo, março 28, 2010

ACTUALIDADE


...CLARO QUE NÃO LHE APETECE,ACREDITOU NOS CONSELHOS DO AMBRÓSIO, PERDEU O APETITE
...

PALPITES - ULTIMA JORNADA DE MARÇO

.
A LEONOR E O NUNO MATOS SÃO OS GRANDES
VENCEDORES DOS PALPITES DE MARÇO,


COM 5 PONTOS DE AVANÇO SOBRE UM
QUARTETO DE SEGUNDOS CLASSIFICA-
DOS - JOÃO MORAIS,LIGIA,MENDONÇA
E JOÃO ROQUE ,E 6 PONTOS SOBRE A
SORAIA.

O PEDRO PEREIRA VENCEU ESTA ULTIMA
JORNADA E SUBIU DO ULTIMO PARA O
ANTEPENULTIMO LUGAR.

Foi um resultado atípico pois nunca antes tinha acontecido um pódio (1º,2º. e 3º) com 7 concorrentes.



jogos



MARITIMO-SPORTING...3-2
BENFICA-GRAGA.......1-0 (LEONOR)
BELENENSES-PORTO....0-3 (PEDRO PEREIRA)
GUIMARÃES-ACADEMICA.1-0


RESULTADO DA JORNADA
.
1.PEDRO PEREIRA...4
2.Leonor...9
3.Nuno Matos,Mendonça...10
4.Soraia,Azevedo,Peixoto,João Roque...11
5.João Morais,Célia,Ligia...12
6.Carmen...13
7.Herdeiro...14
8.Vitor Santos,Valente...15
9.Francisco...17
.
classificação final

1.NUNO MATOS......32..(REV-PORTUGAL-ESPANHA/BENFICA)
..LEONOR.............32..(GRP.DESK/SPORTING)
2.Ligia................37..(CHF.REV/BENFICA)
..João Morais.......37..(TAP-COPENHAGEN/SPORTING)
..João Roque.......37..(TAP-GENEVE/SPORTING)
..Mendonça..........37..(EX-RC-LISRY/SPORTING)
3.Soraia..............38..(CODESAHRES-BENFICA)


4.Valente.............39..(GRP.DESK/SPORTING)
..Peixoto...........39..(EX-RC-CALL CENTER/BENFICA)
5.Carmen............41..(B.OFFICE/BENFICA)
..Azevedo...........41..(EX-RC-LISRY/SPORTING)
6.Celia...............44..(CODESHARES-SPORTING)
7.Vitor Santos.......45..(B.OFFICE/ATLETICO)
8.Pedro Pereira....46..(B.OFFICE/BENFICA)
9.Herdeiro..........50..(EX-RC/SPORTING)
10Francisco..........51..(REV-AFRICAS/SPORTING)

GENTE NOSSA



São estes os actuais companheiros no activo sucessores dos que agora já não picam o ponto e se ocupam de viver a vida onde os cineminhas, as leituras e as cimeiras...

O POMBO

sexta-feira, março 26, 2010

CRÓNICA DA CIMEIRA DE GRAÇA DO DIVÔR-ÉVORA

.
FOI MUITO DIVERTIDA A
NOSSA CIMEIRA DE GRAÇA
DO DIVÔR-ÉVORA

A crónica prometida começa na saída do Pragal da Ponte 25 de Abril, onde o grupo da margem Sul se emboscou para tomar de assalto o voo Lisboa-Graça do Divôr.

Eramos quatro, e enquanto esperávamos pela chegada do machibombo combinámos organizarmo-nos como banda de rock alternativo, o Augusto, o Herdeiro e o Candeias nos instrumentos, com o Mesquita como vocalista lembrando os tempos em que trauteava o "Feeligs" às garinas, numa de Iglésias do RC.


Pelo télélé fomos sendo informados pelo nosso "infiltrado" a bordo, o Azevedo, do que se estava a passar na partida do Campo Grande, do momento da entrada na ponte e da hora provável da chegada junto de nós, para o assalto final.

Entrámos de roldão, controlámos o machibombo e até conseguimos a cumplicidade dos passageiros

E foi já num ambiente de festa que recolhemos, mais à frente no Fogueteiro, o quinto elemento da margem sul, o Mário Oliveira.
A recolha não foi fácil pois o Mário escolheu a curva mais dificil e apertada junto ao Shoping Rio Sul para atracar, o que obrigou o nosso comandante a um slalom vigoroso e emocionante.


No caminho foi a barafunda do costume, com toda a gente a pôr a conversa em dia.

O Chico Dias aproveitou a oportunidade para sacar do láis e do papel e começar a "fotografar" o pessoal, como se pode vêr na imagem, a fazer a "xipala" do Dinis:


Antes de rumarmos a Graça do Divôr entrámos na cidade de Évora, onde recolhemos o Rui Lourenço ,nosso companheiro dos primeiros anos do RC, que vive em Évora, e foi quem escolheu o restaurante onde decorreria a Cimeira e organizou o raide pela cidade.



Acolhido com entusiasmo pelo pessoal, que na sua maioria há muito o não via o Rui destribuiu sorridente os abraços que há muito não dava ,apresentado-se aos que não conhecia ou não o reconheceram de imediato.

À chegada a Graça do Divôr e enquanto esperávamos para entrar no restaurante, o Rui Lourenço deu uma pequena conferência de imprensa para divulgar a ementa:


O LOCAL DO CRIME



Na sala espaçosa e acolhedora encontrámos já sobre as mesas umas excelentes entradas, que logo foram atacadas e saboreadas com sonoros elogios.


Sentaram-se à mesa 35 companheiros :




Azevedo,Augusto,Alice Teles,Anabela,Bernardes,Bernardes mrs,Brito Dias,Candeias,Chico Dias,Chico Santos Costa,Camelas,Coelho de Almeida,Cabral,Mrs Cabral,Dina,Dinis,Guedes Vaz,Teresa Guedes Vaz,Pedro Guedes Vaz,Guilhermina,Herdeiro,João Pinto,Mesquita,Manuela Brito e Silva,Manuela Mascarenhas,Mendonça,Mário Oliveira,Melo,Norberto,Rui Lourenço,Raposo,Trindade,Teresa, Chico Vieira e Mrs Vieira.
Mais o João, que nos transportou no machibombo.



A sopa de catacuzes estava muito saborosa


Depois vieram os filetes de cação, com batatas e arroz.



E quando vieram as bochechas de porco ,confesso que já me apanharam incapaz de as saborar como mereciam.


Ah, e muito importante saber - o vinho foi um tinto denominado "Fonte do Imperador" de Freixial do Meio, perto de Estremoz, e que mereceu a aprovação dos especialistas como do Candeias, que não saiu de Graça do Divôr sem levar 3 caixas daquela "pomada"...

No entrementes vieram à baila as memórias de tantos anos juntos, mas também a actualidade politica e sobretudo a futebolistica.

A TRANCA aproveitou ,claro, para pôr o pessoal a dizer de sua justiça sobre o jogo de mata-mata do próximo fim de semana, sim, o Benfica-Braga:


e


mais


e ainda



Falou-se também da falta que faz o Sampaio para os ensaios do nosso orfeon, e pedimos aos companheiros uma palavrinha para o nosso colega, lá longe em Luanda:


e também ao Azevedo e ao Candeias:


Alguns de nós, dos que estivémos com ele em Luanda nos anos 80, lembrámos alguns dos episódios então vividos, como os lanches no 007, as idas à Barra do Quanza, as idas aos cinemas como o "Karl Marx" ,o "Atlântico" e outros , os "fungis e moambas", enfim.

Falou-se nos próximos projectos de Cimeiras, e ficou mais ou menos alinhavado que em Abril, por sugestão do Vieira o encontro irá ter lugar no Lumiar nos Jardins do Museu do Teatro e em Maio voltaremos a ter a nossa cimeira no Sitava, em Milfontes.

O Chico Dias fez uns "bonecos" do pessoal, como este do Canelas:



Após o almoço fomos até à cidade de Évora para uma visita "a pé" plelas ruas da

cidade, recordando os lugares mais emblemáticos da capital do Alto Alentejo.




Depois foi o regresso com a nossa PRIMEIRA Dina checkando se estavam todos a bordo


No regresso ao fim da tarde apanhava-se pelas conversas que o pessoal gostou da cimeira.

a 26 de Março nasceu TENESSEE WILLIAMS

.
Tennessee Williams

Tennessee Williams, pseudônimo de Thomas Lanier Williams (Columbus, 26 de março de 1911 — Nova Iorque, 25 de fevereiro de 1983) foi um dramaturgo americano, vencedor de muitos prêmios.

Williams foi o vencedor do Prêmio Pulitzer por A Streetcar Named Desire em 1948 e por Cat on a Hot Tin Roof em 1955. Suas peças The Glass Menagerie (1945) e The Night of the Iguana (1961) receberam o Prêmio New York Drama Critics' Circle. Sua peça The Rose Tattoo, de 1952, recebeu o Tony Award de melhor peça. Em 1980, foi presenteado com a Presidential Medal of Freedom pelo presidente Jimmy Carter.


Williams nasceu em Columbus, Mississippi, na casa de seu avô materno, o pastor local. Seu pai, Cornelius Williams, era um vendedor de sapatos viajante, alcoólatra e viciado em jogos de aposta, e que se tornou extremamente abusivo à medida que seus filhos cresciam. O pai favorecia mais seu irmão Dakin, talvez devido ao fato de Tennessee ter sido mais frágil e doente; teve difteria na infância, e ficou um ano fora da escola, tornando-se um menino introspectivo, passando todo o tempo só em volta dos livros. A mãe de Tennessee, Edwina Dakin Williams, tinha o humor instável. Williams buscou inspiração para escrever, mediante os muitos problemas familiares. Segundo ele mesmo declarou em uma entrevista concedida na década de 70: "Descobri na escrita uma fuga de um mundo real no qual me sentia profundamente desconfortável". Para fugir à insensibilidade paterna, Tennessee refugiou-se em seu quarto, que pintou de branco e enfeitou com miniaturas de animais de vidro; tal fato serviu de inspiração para a peça “The Glass Menagerie”, em 1945.

Em 1918,quando Williams tinha 7 anos, a família se mudou para University City, Missouri, e ele frequentou a Soldan High School, fato que usou em sua peça The Glass Menagerie, e depois a University City High School[1]. Em 1927, aos 16 anos, Williams recebeu um prêmio de 5 dólares por um ensaio publicado no Smart Set, intitulado "Can a Good Wife Be a Good Sport?". Um ano depois, publicou "The Vengeance of Nitocris", no Weird Tales.

Nos anos 30, Williams frequentou a University of Missouri, onde se filiou à fraternidade Alpha Tau Omega. Posteriormente transferiu-se para a Washington University, em St. Louis, Missouri por um ano, e finalmente graduou-se, em 1938, na University of Iowa, onde escreveu "Spring Storm". Quando foi recusado pelo exército, sofreu nova ofensiva do pai, que era veterano de guerra; o pai o obrigou a abandonar o jornalismo e a se empregar em uma fábrica de calçados. Começou então a se viciar em bebida alcoólica, e foi internado em um sanatório. Na época, Williams escreveu Cairo, Shanghai, Bombay!, que foi a primeira produção teatral, em 1935, da comunidade de teatro Glenview, em Memphis. Estudou depois na The New School, em Nova York.

Aos 26 anos de idade, escolheu o nome “Tennessee” em função dos dois anos felizes que passou em Nashville.

Posteriormente, participou de um concurso de dramaturgia em Nova Iorque, enviando 4 peças de um ato, sob o nome de American Blues, e foi premiado com 100 dólares, além de ser convidado por uma agente de Holywood que, impressionada com seus textos, o chamou para escrever roteiros de cinema. O único roteiro que conseguiu concluir, porém, foi recusado, e ele perdeu o contrato.

Em 1944, escreve a primeira peça realmente estruturada em termos teatrais, "The Glass Menagerie", que foi encenada com estrondoso êxito de público e crítica, iniciando assim sua carreira de sucesso. Várias de suas peças seguintes alcançaram sucesso: "A Streetcar Named Desire", "Summer and Smoke", entre outras. Williams viveu por um tempo no French Quarter, de New Orleans, Louisiana, mudou-se para lá em 1939, para escrever para a WPA. Inicialmente viveu na Toulouse Street, n. 722, o ambiente de sua peça de 1977 Vieux Carré. O edifício é parte da The Historic New Orleans Collection. Começou a escrever A Streetcar Named Desire (1947) enquanto estava na St. Peter Street, n. 632, e a terminou mais tarde, em Key West, Flórida, para onde se mudou nos anos 40.

A montagem de "The Rose Tatoo", em 1951, trouxe o primeiro fracasso, em especial pelas manifestações da crítica. Seguiram-se outras peças de sucesso, e os prêmios Pulitzer e Critic’s Award, porém a crítica constantemente o repudiava.

Com a morte do pai, em 1956, e do avô, em 1958, Tennessee começou a fazer psicanálise, e a peça “Suddenly, Last Summer” é considerada a primeira peça de sua fase “psiquiátrica” ou “antropofágica”. Após a alta de sua terapia, Tennessee ingressou numa nova etapa, a partir de 1959. Após vários sucessos, a peça de 1968 “The Seven Descendents of Myrtle” foi muito criticada, e apenas em 1970 ele voltou a se expor publicamente, mas com uma linguagem mais fria. Mas “Dragon Country”, sua coletânea de peças da época, não o reconciliou com a crítica.

Morte
Williams morreu após ter se engasgado com uma tampa de garrafa em seu quarto no Hotel Elysee, em Nova York[4]. O relatório policial, entretanto, sugeriu que o uso de drogas e de álcool contribui para sua morte. Drogas como barbitúricos e álcool foram encontradas em seu quarto, o que pode ter diminuído seus reflexos.


] Peças principais
Beauty Is the Word (1930)
Cairo! Shanghai! Bombay! (1935)
Candles to the Sun (1936)
The Magic Tower (1936)
Fugitive Kind (1937)
Spring Storm (1937)
Summer at the Lake (1937)
The Palooka (1937)
The Fat Man's Wife (1938)
Not about Nightingales (1938)
Adam and Eve on a Ferry (1939)
Battle of Angels (1940)
The Long Goodbye (1940)
Auto Da Fé (1941)
The Lady of Larkspur Lotion (1941)
At Liberty (1942)
The Pink Room (1943)
The Gentleman Callers (1944)
The Glass Menagerie (1944) ("Algemas de Cristal")
You Touched Me (1945)
Moony's Kid Don't Cry (1946)
This Property is Condemned (1946)
Twenty-Seven Wagons Full of Cotton (1946)
Portait of a Madonna (1946)
The Last of My Solid Gold Watches (1947)
Stairs to the Roof (1947)
A Streetcar Named Desire (1947)
Summer and smoke (1948) ("Almas de Pedra")
The Roman Spring of Mrs. Stone (1950) ("A Primavera da Sra. Stone")
I Rise in Flame, Cried the Phoenix (1951)
The rose tattoo (1951) ("A Rosa Tatuada")
Camino real (1953)
Talk to me like the rain and let me listen (1953) ("Fale Comigo Doce como a Chuva")
Hello from Bertha (1954)
Lord Byron's love letter (1955) - libretto
Three Players of a Summer Game (1955)
Cat on a Hot Tin Roof (1955) ("Gata em Teto de Zinco Quente")
The Dark Room (1956)
The Case of the Crushed Petunias (1956)
Baby Doll (1956) - argumento original
Orpheus descending (1957) (" A Descida de Orfeu")
Suddenly, last summer (1958) ("De Repente, no Último Verão")
A Perfect Anaysis Given by a Parrot (1958)
Garden District (1958)
Something Unspoken (1958)
Sweet bird of youth (1959) ("Doce Pássaro da Juventude")
The Purification (1959)
And Tell Sad Stories of the Deaths of Queens (1959)
Period of Adjustment (1960) ("Período de Ajustamento")
The night of the Iguana (1961) ("A Noite do Iguana")
The Milk Train Doesn't Stop Here Anymore (1963)
The Eccentricities of a Nightingale (1964)
Grand (1964)
Slapstick Tragedy (The Mutilated and The Gnädiges Fräulein) (1966)
The Mutilated (1967)
Kingdom of Earth / Seven Descents of Myrtle (1968)
Now the Cats with Jewelled Claws (1969)
In the Bar of a Tokyo Hotel (1969)
Will Mr. Merriweather Return from Memphis? (1969)
I Can't Imagine Tomorrow (1970)
The Frosted Glass Coffin (1970)
Small Craft Warnings (1972)
Out Cry (1973)
The Two-Character Play (1973)
The Red Devil Battery Sign (1975)
Demolition Downtown (1976)
This Is (An Entertainment) (1976)
Vieux Carré (1977)
Tiger Tail (1978)
Kirche, Kŭche und Kinder (1979)
Creve Coeur (1979)
Lifeboat Drill (1979)
Clothes for a Summer Hotel (1980)
The Chalky White Substance (1980)
This Is Peaceable Kingdom / Good Luck God (1980)
Steps Must be Gentle (1980)
The Notebook of Trigorin (1980)
Something Cloudy, Something Clear (1981)
A House Not Meant to Stand (1982)
The

ELES DISSERAM

.
Maritimo recusa oferta de Postiga como ajuda para a reconstrução da Madeira
(INIMIGO PUBLICO)
.
Jesus lembrou-se do pai na hora da vitória e adeptos do Porto lembraram-se da mãe de Jesualdo na hora da derrora
(INIMIGO PUBLICO)
.
Se Passos Coelho ganhar vamos ter o PSD finalmente a assumir que é um partido de direita, e a aplicar a teoria neoliberal que levou o mundo à grave crise de que ainda não se libertou
(Encarnação Leandro)

GENTE NOSSA - CANELAS,SOFIA,TRUDY E DANI

intercouse

.
Pergunta o miúdo à mãe:
- Ó mãe, o qué um insete ?
- Ê cá nã sê, preguntá mana ...!
- Ó mana, o qué um insete ?
- Pôs nã sê... preguntó pai ...!
- Ó pai, o qué um insete ?
- Ó mê granda burre... um insete sã Oite ...!

o preliminares hoje chama-se INTERCOURSE em atenção a Chico Santos Costa

quinta-feira, março 25, 2010

PALPITES - 4ª.JORNADA DE MARÇO

.
ESTE FINAL DE SEMANA VAI
DISPUTAR-SE A ULTIMA JOR-
NADA DOS NOSSOS PALPITES
DE MARÇO COM O NUNO MATOS
A DEFENDER A SUA LIDERANÇA
DE 1 PONTO DE AVANÇO SO-
BRE A LEONOR E 2 SOBRE O
VALENTE.



JOGOS

1-MARITIMO-SPORTING
2-BENFICA-BRAGA
3-BELENENSES-PORTO
4-GUIMARÃES-ACADEMICA
.
.................(1)...(2)...3)....(4)
.
VITOR SANTOS.....3-1...4-1...3-1...3-1
CARMEN............1-2...2-0...1-1...1-1
NUNO MATOS......0-2...2-1...0-1...2-0
FRANCISCO.........0-1...1-1...1-1...1-1
LEONOR.............0-2...1-0...0-1...1-1
LIGIA................0-3...2-0...0-1...1-1
PEDRO PEREIRA....2-0...2-0...0-3...3-0
VALENTE............0-3...0-1...1-2...1-1
HERDEIRO...........1-2...5-1...0-2...1-2
MENDONÇA.........1-1...2-0...1-3...0-0
AZEVEDO............1-1...2-1...0-2...1-1
PEIXOTO.............2-1...3-0...1-1...2-0
JOÃO ROQUE.......0-1...2-0...1-2...2-1
SORAIA...............0-2...2-1...0-2...1-1
CELIA................0-2....2-1...0-1...1-1
JOÃO MORAIS.......1-2...3-1....1-2....1-1

Na geral fica assim:

1.NUNO MATOS......22..(REV-PORTUGAL-ESPANHA/BENFICA)
2.Leonor.............23..(GRP.DESK/SPORTING)
3.Valente.............24..(GRP.DESK/SPORTING)
4.Ligia................25..(CHF.REV/BENFICA)
..João Morais.......25..(TAP-COPENHAGEN/SPORTING)
5.João Roque.......26..(TAP-GENEVE/SPORTING)
6.Soraia..............27..(CODESAHRES-BENFICA)
..Mendonça..........27..(EX-RC-LISRY/SPORTING)
7.Carmen............28..(B.OFFICE/BENFICA)
..Peixoto...........28..(EX-RC-CALL CENTER/BENFICA)
8.Azevedo...........30..(EX-RC-LISRY/SPORTING)
..Vitor Santos.......30..(B.OFFICE/ATLETICO)
9.Celia...............32..(CODESHARES-SPORTING)
10Francisco..........34..(REV-AFRICAS/SPORTING)
11Herdeiro..........36..(EX-RC/SPORTING)
12Pedro Pereira....42..(B.OFFICE/BENFICA)


.

CIMEIRA DA GRAÇA DO DIVÔR-ÉVORA

,
REALIZOU.SE HOJE NA LOCALIDADE
DE GRAÇA DO DIVÔR,DO CONCELHO
DE ÉVORA, A NOSSA CIMEIRA DE
MARÇO.

Trinta e cinco dos nossos estiveram à volta da mesa, trocaram afectos.ideias, memórias e projectos

A costumada crónica , imagens animas e fixas poderão ser encontradas amanhã neste espaço.

Hoje aqui vai mais um trabalho de qualidade do nosso companheiro CHICO SANTOS COSTA

que mostra como viu o que se passou nesta Cimeira.



O anfitrião que organizou a parte dos comes e da visita a Évora foi o RUI LOURENÇO, nosso companheiro do RC que presentemente vive e trabalha na capital do Alto Alnetjo.

Amanhã há mais.

A 25 DE MARÇO DE MARÇO DE 1942 nasceu ARETHA FRANKLIN

.
Aretha Franklin

Aretha Louise Franklin (Memphis, 25 de março de 1942) é uma cantora norte-americana de gospel,R&B e soul que virou ícone da música negra.

Nascida em Memphis,criada em Detroit, Michigan, tornou-se a primeira mulher a fazer parte do Hall da Fama do Rock and Roll em 3 de janeiro de 1987. Muitos chamam Aretha de "Rainha do Soul" ou "Dama do Soul". Ela é reconhecida por suas habilidades na música soul e R&B, mas também é uma adepta de jazz, rock, blues, pop e até mesmo ópera. Ela é geralmente reconhecida como uma das melhores vocalistas da história da música por publicações de porte da Revista Rolling Stone e do canal de televisão VH1. Ela é a segunda cantora a possuir mais prêmios Grammy na história, atrás apenas de Allison Krauss. Aretha possui dezessete prêmios competitivos e três honorários. O estado de Michigan declarou a voz de Aretha como sendo uma maravilha natural.

Apesar de todo o sucesso, Aretha possui apenas dois singles que foram para o primeiro lugar na lista dos mais vendidos dos Estados Unidos segundo a Revista Billboard: "Respect" nos anos 1960 (sua canção mais conhecida) e "I Knew You Were Waiting (For Me)", um dueto com George Michael. No entanto, vários singles dela já apareceram entre os 20 mais vendidos na lista daquela publicação, como "Think", "I Say a Little Prayer", "Until You Come Back to Me", "Who's Zoomin' Who?", "Freeway of Love", entre outros.

quarta-feira, março 24, 2010

CIMEIRA DE GRAÇA DO DIVÔR-ÉVORA

.
ESTAMOS JÁ EM CONTAGEM
DECRESCENTE PARA A NOS-
SA CIMEIRA DE MARÇO

Segundo os cálculos da nossa PRIMEIRA Dina, estarão presentes cerca de 35 cabeças pensantes, com partidas do Hotel Radissom em Lisboa (9,30) e da saída da Ponte 25 de Abril ,do grupo da Margem Sul (9,45).


IMAGENS DA CIMEIRA DE RIBEIRA EM MARÇO DE 2008

Espera-se muita animação no Alentejo, onde a notícia da nossa Cimeira está a mexer com a região...

faz hoje 3 anos

.


No dia 24 de Março de 2007, faz hoje 3 anos, o jornal "O PUBLICO" publicou uma citação da Tranca.

Para comemorar o aniversário, realiza-se hoje junto ao relógio de ponto do edificio 27, 5º.andar, no Reduto TAP, uma concentração de júbilo e aplauso, esperando-se uma grande multidão de afectos ao nosso blolg.

O próprio Alberto João, então visado, prometeu aparecer, agora que está numa fase adiantada de domesticação e num estado de necessidade evidente, chegando mesmo a conclamar que afinal "os continentais já não são cubanos"...

TABULEIRO DO NORTE - CEARÁ

.
A TRANCA CONTINUA A EXPANDIR-SE
POR TODO O BRASIL, RECEBEMOS
HOJE "VISITA" DE UM CIBERNAUTA
DE TABULEIRO DO NORTE NO ESTADO
DO CEARÁ.



Amigo, um abração para você e aqui está informação sobre a sua cidade e região .

Tabuleiro do Norte é um município brasileiro do estado do Ceará, localizada no Vale do Jaguaribe, a 211 km de Fortaleza, fazendo divisa com as cidades de Limoeiro do Norte (no Norte da cidade), Rio Grande do Norte (a Leste), Alto Santo (a Sul) e São João do Jaguaribe (a Oeste).



História
Com mais 47 anos de emancipação política, a cidade é conhecida como a cidade dos Caminhoneiros. A principal fonte de renda de sua população é o transporte de cargas através de seus vários caminhões, levando riquezas para todo o Brasil.

Origem
Seus primeiros relatos historicos iniciam-se no século XVIII, entre os anos de 1720 e 1730. Instala-se na localidade de Paus dos Ferros - RN, o fazendeiro e Pe. Francisco Alves Maia, que fica de posse da fazenda São José. Nestas terras, foi criado o primeiro estabelecimento escolar funcionando até a morte de Maia Alarcon em 1796.

Religião
Tudo iniciou com a promessa feita por Luiza Maria Maciel, esposa de Maia Alarcon, que se ficasse curada de um câncer (doença considerada fatal), construiria uma capela. A graça foi alcançada e a capela foi construída no ano de 1770, tendo a imagem de Nossa Senhora das Brotas. A restauração e ampliação da capela foi realizada em 1785. A igreja foi demolida nos anos de 1930 e construída uma nova igreja em seu lugar (atual igreja matriz).

Criação da vila
Tabuleiro de Areia passou a ter categoria de Vila através do decreto lei nº448, de 20 de dezembro de 1938.

Criação do município
O município de Tabuleiro do Norte foi criado de acordo com a lei nº3.815, de 13 de setembro de 1957, tendo sua emacipação política em 8 de junho de 1958, deixando de ser vila do município de Limoeiro do Norte.

Pontos Turisticos
O município vem se desenvolvendo ao longo de sua história, tendo como os principais pontos turisticos:

Área de Preservação Ambiental
Tendo por objetivo a prevervação de duas fontes (olho d'Água dos Currais e Corrente), que é uma obrigação de todos nós, a criação do Parque Ecológico Olho D'Água dos Currais, é a maneira do resgaste a cultura local que se encontra livre de desmatamento.

FAZ HOJE 37 ANOS QUE OS PINK FLOYD LANÇARAM "THE DARK SIDE OF THE MOON"

.
Dark Side of the Moon

Ir para: navegação, pesquisa
Nota: Se procura por outros usos, consulte The Dark Side of the Moon (desambiguação).
Dark Side of the Moon
Álbum de estúdio por Pink Floyd
Lançado em 24 Março de 1973
Gravado em Junho de 1972 a Janeiro de 1973
Gênero(s) Rock progressivo
Duração 43 min 00 s
Gravadora(s) Harvest Records (UK) Capitol Records (US)
Produção Pink Floyd


(The) Dark Side of the Moon (ou pela abreviatura DSotM; O "The" inicial é incluído em algumas versões do título) é um álbum conceptual de 1973 dos Pink Floyd, que fala sobre as pressões da vida, como tempo, dinheiro, guerra, loucura e morte.

É considerado por muitos críticos e fãs dos Pink Floyd como sendo a obra prima da banda, ultrapassando mesmo The Wall. O álbum foi um marco do rock progressivo com músicas que eram bem aceitas pelas rádios comerciais para execução, tais como "Money", "Time", e "Us and them". O álbum é uma ponte entre o blues rock clássico e a nova (na época) música electrónica. No entanto são os tons mais suaves e as nuances líricas e musicais que fazem com que este álbum seja uma obra à parte.

The Dark Side of the Moon é o terceiro álbum mais vendido de todos os tempos no mundo inteiro.[carece de fontes?]Atingiu o primeiro lugar no Billboard 200 e também no Billboard Pop Catalog Chart, tendo o híbrido SACD editado em 2003 atingido o mesmo feito.[carece de fontes?]



História
Estima-se que 1 em cada 14 pessoas com menos de 50 anos, nos EUA tenha uma cópia deste álbum.[carece de fontes?]

O tema de Dark Side of the Moon terá sido em parte precipitado pela saída de Syd Barrett um dos membros fundadores dos Pink Floyd.[carece de fontes?]

O álbum contém alguns dos mais complicados usos dos instrumentos e efeitos sonoros existentes à época, incluindo o som de alguém correndo à volta de um microfone e a gravação de múltiplos relógios a tocar ao mesmo tempo. Uma versão quadrifónica, foi também editada com novas misturas. Durante as gravações os Pink Floyd desenvolveram novos efeitos tais como gravações em duas pistas das vozes e guitarras (permitindo a David Gilmour harmonizar consigo próprio impecavelmente), vozes dobradas e efeitos estranhos com ecos e separação dos sons entre os canais. Até hoje, Dark Side of the Moon é uma referência para os audiófilos que o usam para testar a fidelidade dos equipamentos de áudio.

Outra característica do álbum são os trechos de diálogos entre as faixas. Os Pink Floyd entrevistaram várias pessoas, perguntando-lhes coisas relacionadas com os temas centrais do álbum, como a violência e a morte. O roadie "Roger The Hat" aparece em mais que uma ("giv'em a quick, short, sharp, shock…", "live for today, gone tomorrow, that's me…"). A frase no fim do álbum "there is no dark side of the moon really… matter of fact it is all dark" é do porteiro do estúdio Abbey Road, o irlandês Jerry Driscoll. Paul McCartney foi também entrevistado mas as suas respostas foram consideradas demasiadamente cautelosas para serem incluídas

Dark Side of the Moon é o o álbum que ficou por mais tempo na Billboard 200, tendo permanecido 741 semanas consecutivas, pouco mais de 14 anos.[1] O álbum chegou a Nº 1 nos EUA, Bélgica e França, até em 2002, 30 anos após o seu lançamento, foram vendidas nos EUA mais de 400.000 cópias, fazendo do álbum o 200º mais vendido desse ano.[carece de fontes?]Em 2003 mais de 800.000 cópias do híbrido SACD de Dark Side of the Moon foram vendidas apenas nos EUA.[carece de fontes?]"Time", "Money", e "Us and them" foram bastante tocadas nas rádios (sendo o single "Money" um sucesso de vendas também).

Dark Side of the Moon foi editado em "Super Audio Compact Disc" (SACD), com uma mistura de som surround 5.1 DSD a partir das fitas de estúdio de 16 faixas, por ocasião do 30º aniversário do seu lançamento. Tornou-se algo surpreendente o facto de James Guthrie ter sido chamado para fazer a mistura do SACD em vez de Alan Parsons, engenheiro do LP original. Esta edição do 30º aniversário ganhou 4 prémios do "Surround Music Awards" de 2003

terça-feira, março 23, 2010

preliminares

.

Num ônibus, um padre senta-se ao lado de um bêbado que, com dificuldade, lê o jornal.
De repente, com a voz 'empastada', o bêbado pergunta ao padre:
- O senhor sabe o que é artrite?
O pároco logo pensa em aproveitar a oportunidade para passar um sermão no bêbado e responde:
- É uma doença provocada pela vida pecaminosa e sem regras: excesso de consumo de álcool, certamente mulheres perdidas, promiscuidade, sexo, farras e outras coisas que nem ouso dizer...
O bêbado arregalou os olhos, calou-se e continuou lendo o jornal.
Pouco depois o padre, achando que tinha sido muito duro com o bêbado, tenta amenizar:
- Há quanto tempo o senhor está com artrite?
- Eu?... Eu não tenho artrite!... Diz o jornal que quem tem é o Papa !

OS NOSSOS ARTISTAS

.


Mais um trabalho do nosso companheiro JOSÉ CASCADA

PRÉMIO LITERÁRIO LEYA 2010 - O GRANDE VENCEDOR É JOÃO PAULO BORGES COELHO

.
João Paulo Borges Coelho vence Prémio Leya


O Olho de Hertzog foi a obra que valeu o galardão ao escritor moçambicano, que sucede assim a Murilo de Carvalho, que venceu a edição de 2008 com O Rastro do Jaguar.


João Paulo Borges Coelho é o grande vencedor da edição de 2009 dos Prémios Leya com o romance policial O Olho de Hertzog, que chegará às bancas nacionais já no próximo dia 5 de Março com a chancela da Leya, ao mesmo tempo que será lançado em Moçambique pela editora Ndjira.
O escritor, nascido no Porto em meados dos anos 50, foi ainda criança para Moçambique, onde hoje vive e trabalha, tendo já recebido inúmeras distinções literárias, das quais se destaca o Prémio José Craveirinha, um dos mais importantes prémios moçambicanos.
A cerimónia de entrega do Prémio Leya, agendada já para quinta-feira, dia 4, terá lugar na Embaixada Portuguesa de Maputo e contará com a presença do primeiro-ministro português, José Sócrates, e do Presidente de Moçambique, Armando Guebuza.
O Prémio Leya foi criado em 2008 com o objectivo de distinguir anualmente um romance escrito em língua portuguesa, quando Murilo de Carvalho o venceu por O Rastro do Jaguar. João Paulo Borges Coelho é o segundo escritor lusófono a arrecadar os 100 mil euros do prémio. As inscrições para 2010 já estão abertas.

segunda-feira, março 22, 2010

É JÁ NA QUINTA FEIRA A CIMEIRA DA GRAÇA DO DIVÔR-ÉVORA

.
O TEMPO PASSA A CORRER
E A NOSSA CIMEIRA DA
GRAÇA DO DIVÔR ESTÁ
À PORTA.



O sitio é lindo, e nós saímos às 9 e meia da madrugada, no voo que sai do estacionamento em frente do Hotel Radisson, no final do Campo Grande.



O grupo dos 4 da Margem Sul - Candeias,Augusto,Herdeiro e Mesquita irão apanhar o bus à saída da Ponte 25 de Abril

FUTURO DOS PILOTOS "POST STRIKE"

.

poesia popular em DIA MUNDIAL DE POESIA

.
B
No dia Mundial de Poesia, a tranca mostra um poeta popular alentejano, o BAGACINHA, de Aljustrel, a dizer o poema "A MÃE"

domingo, março 21, 2010

PALPITES - 3ª.JORNADA DE MARÇO

.
NESTA JORNADA COM JOGOS ATÍPICOS
O GRANDE VENCEDOR VEIO DE GENEVE,
FOI O JOÃO ROQUE QUE MENOS PONTOS

PERDEU, SUBINDO AO 5º.LUGAR NA
CLASSIFICAÇÃO GERAL.
O NUNO MATOS CONTINUA LÍDER ,MAS
AGORA ISOLADO COM 1 PONTO DE VAN-
TAGEM SOBRE A LEONOR E 2 SOBRE O
VALENTE.



RESULTADOS



PORTO-BENFICA.......0-3 (VITOR SANTOS)
PALERMO-INTER.......1-1 (VALENTE,AZEVEDO)
REAL MADRID-GIJON...3-1 (NUNO MATOS,JOÃO MORAIS,JOÃO ROQUE)
ZARAGOZA-BARCELONA..2-4

NA JORNADA
.
1.JOÃO ROQUE...5
2.Vitor Santos,Peixoto...8
3.João Morais,Carmen...9
4.Ligia,Mendonça,Azevedo..10
5.Soraia,Nuno Matos,Herdeiro...11
6.Leonor,Pedro Pereira,Valente...12
7.Francisco...14
8.Célia...15
.
Na geral fica assim:

1.NUNO MATOS......22..(REV-PORTUGAL-ESPANHA/BENFICA)
2.Leonor.............23..(GRP.DESK/SPORTING)
3.Valente.............24..(GRP.DESK/SPORTING)
4.Ligia................25..(CHF.REV/BENFICA)
..João Morais.......25..(TAP-COPENHAGEN/SPORTING)
5.João Roque.......26..(TAP-GENEVE/SPORTING)
6.Soraia..............27..(CODESAHRES-BENFICA)
..Mendonça..........27..(EX-RC-LISRY/SPORTING)
7.Carmen............28..(B.OFFICE/BENFICA)
..Peixoto...........28..(EX-RC-CALL CENTER/BENFICA)
8.Azevedo...........30..(EX-RC-LISRY/SPORTING)
..Vitor Santos.......30..(B.OFFICE/ATLETICO)
9.Celia...............32..(CODESHARES-SPORTING)
10Francisco..........34..(REV-AFRICAS/SPORTING)
11Herdeiro..........36..(EX-RC/SPORTING)
12Pedro Pereira....42..(B.OFFICE/BENFICA)

eles disseram

.
Estou em pulgas para saber se é Jesus ou Jesualdo a colocar o seu nome ao lado dos anteriores vencedores da Taça da Liga - Carvalhal e Lucilio Batista
(ZÉ DIOGO QUINTELA)
.
Passos Coelho no dia em que tentar aplicar a sua receita liberal descobrirá ràpidamente que quem realmente manda neste país quer pouco Estado para quase todos e Estdo sem fim para si próprio.Pelo menos abandonávamos o equivoco que leva o PSD a dizer-se social-democrata
(DANIEL OLIVEIRA)
.
Costinha começa mal aplicando os erros de Paulo Bento.Um atleta erra, e quem paga é o clube, isto é,o jogador não joga e recebe, em vez de se multar o prevaricdador e fazê-lo trabalhar. Paulo Bento prejudicou o clube vezes sem conta, Costinha ainda só começou...
(JOÃO PAULO VELOSO)

A 21 DE MARÇO DE 1844, NASCEU O CALENDARIO BAH'I

.
Calendário bahá'í


O calendário bahá´í, utilizado na Fé Bahá´í, é um calendário solar com 365 dias. Os anos são compostos por 19 meses de 19 dias cada, adicionado a um período chamado "Dias Intercalares"(são 4 dias, e 5 quando é ano bissexto), entre o 18° e o 19° mês (26 de Fevereiro a 1 de Março). O Ano, no calendário bahá´í começa no equinócio de outono no hemisfério sul no dia 21 de Março do calendário gregoriano. O dia inicia-se e termina no por-do-sol.

O Calendário bahá´í foi instituído pelo Báb, posteriormente confirmado por Bahá'u'lláh. Cada mês possui um nome específico, ressaltando alguns atributos.

QUEM CRIOU O CALENDÁRIO BAHÁ'I?

Baha'i é um movimento religioso fundado no século 19 pelo Bahaullah persa. Alega membros em praticamente todos os países do mundo. Opondo-poligamia, a escravidão de qualquer espécie, preconceitos religiosos, religião e politizados, Baha'is apelo para a paz no mundo e harmonia. Os ideais de um mundo governo federal e um mundo novo idioma são também uma parte dos seus ensinamentos. Reconhecimento do terreno comum de todas as religiões são vistos como promovendo este movimento em direção a unidade global; Krishna, Buda, Moisés, Zaratustra, Jesus, Maomé e todos são reconhecidos como manifestações divinas, uma série de profetas que culminou na Bahaullah. Nonresistance, o respeito pelas pessoas, eo reconhecimento legal da igualdade de direitos entre ambos os sexos constituem aspectos complementares de ensino Baha'i.

Até ao momento da morte do Bahaullah em 1892, a fé Baha'i tinha ganho adeptos em todo o Oriente Médio. Abbas Effendi sob o seu filho (ou Abdul Baha, 1844 - 1921), o seu sucessor como líder do movimento, ele se espalhar para a Europa e os Estados Unidos. Abbas Effendi foi sucedido por seu neto, Shoghi Effendi (1897 - 1957). Desde a morte de Shoghi Effendi, os Baha'is têm sido governada por líderes eleitos. Divididas em mais de 130 assembleias nacionais e mais de 26.000 assembleias locais, eles estão estimados em número de cerca de 2 milhões em todo o mundo. Desde a criação da República Islâmica do Irã em 1979, a discriminação de que Baha'is semper foram submetidos no seu país de origem aumenta acentuadamente em verdadeiras perseguições.

Meses Bahá´ís
Nome em Árabe Traduçao para Português Data no gregoriano
Bahá......... Esplendor.............. 21 de março - 8 de abril
Jalál........ Glória.................. 9 de abril - 27 de abril
Jamál........ Beleza................. 28 de abril - 16 de maio
‘Aẓamat...... Grandeza............... 17 de maio - 4 de junho
Núr.......... Luz..................... 5 de junho - 23 de junho
Raḥmat....... Miséricórdia........... 24 de junho - 12 de julho
Kalimát...... Palavras............... 13 de julho - 31 de julho
Kamál........ Perfeição............... 1 de agosto - 19 de agosto
Asmá’........ Nomes.................. 20 de agosto - 7 de setembro
‘Izzat....... Potência................ 8 de setembro - 26 de setembro
Mashíyyat.... Vontade................ 27 de setembro - 15 de outubro
‘Ilm......... Conhecimento........... 16 de outubro - 3 de novembro
Qudrat....... Poder................... 4 de novembro - 22 de novembro
Qawl......... Discurso............... 23 de novembro - 11 de dezembro
Masá’il...... Perguntas.............. 12 de dezembro - 30 de dezembro
Sharaf....... Honra.................. 31 de dezembro - 18 de janeiro
Sulṭán....... Soberania.............. 19 de janeiro - 6 de fevereiro
Mulk......... Domínio................. 7 de fevereiro - 25 de fevereiro
Ayyám-i-Há'.. Dias Intercalares...... 26 de fevereiro - 1 de março
‘Alá’........ Grandeza................ 2 de março - 20 de março

Dias Sagrados Bahá´í
Nome Data no gregoriano Trabalho suspenso
Naw-Rúz (Ano Novo Bahá´í) 21 de março Sim
Primeiro dia do Riḍván 21 de abril Sim
Nono dia do Riḍván 29 de abril Sim
Décimo segundo dia do Riḍván 2 de maio Sim
Declaração do Báb 23 de maio Sim
Ascensão de Bahá'u'lláh 29 de maio Sim
Martírio do Báb 9 de julho Sim
Aniversário do Báb 20 de outubro Sim
Aniversário de Bahá´u´lláh 12 de Novembro Sim
Dia do Convênio 26 de novembro Não
Ascensão de `Abdu'l-Bahá 28 de novembro Não

Dias da semana
Nome em Árabe Tradução para Português Dia da semana
Jalál........ Glória .................sábado
Jamál........ Beleza................. domingo
Kamál........ Perfeição.............. segunda-feira
Fiḍál........ Graça.................. terça-feira
‘Idál........ Justiça................ quarta-feira
Istijlál..... Majestade.............. quinta-feira
Istiqlál..... Independência.......... sexta-feira

ASSALTO À ITALIANA

.

sábado, março 20, 2010

preliminares

.
Há dias fui à despedida de solteiro de um grande amigo meu.
Quando voltava para casa, fui mandado parar pela BT à entrada da cidade...
Ora eu estava num estado lastimável.
Quase caí ao sair do carro, e vi três policias a pedirem-me para soprar o balão.
Só que, felizmente, do outro lado da estrada surge um camião que sobe a divisória e capota, espalhando um carregamento de tijolos pela estrada.
Vendo isto os policias começam a correr em direcção ao sinistro e mandam-me embora.
E eu lá peguei no carro e fui todo contente: Grande sorte!
No dia seguinte a minha mãe acorda-me e pergunta:
- Olha lá! O que é que faz um carro da Brigada de Trânsito na nossa garagem? ! …

CIMEIRA DE GRAÇA DO DIVÔR- -ÉVORA

.
NA PRÓXIMA QUINTA FEIRA DIA 25
ACONTECE MAIS UMA DAS NOSSAS
CIMEIRAS MENSAIS, DESTA VEZ EM
GRAÇA DO DIVÔR.

A Dina, nossa "Primeira" decidiu e diz:

"Como vos comuniquei no mail em que divulguei o nosso almoço deste mês, aqui vai o local e hora de saída do BUS que nos levará a Évora : Campo Grande, junto ao hotel Redisson, às 09h30.
Por favor confirmem ou não a vossa presença pois tenho de falar, dia 22, ao Rui Lourenço para lhe dizer o número de pessoas que vão ao almoço.
Bjs
Dina
"



É grande a expectativa do povo da Graça do Divôr, preparem as canetas pois vão ter que dar paletes de autógrafos por lá.

sexta-feira, março 19, 2010

ACTUALIDADE

PALPITES - 3ª.JORNADA DE MARÇO

.
VAMOS À 3ª.JORNADA DE MARÇO
COM O NUNO MATOS E A LEONOR
A LIDERAR COM 1 PONTO DE
VANTAGEN SOBRE O VALENTE
E 4 DOBRE A LIGIA.

COMO NÃO HÁ CAMPEONATO
CONTAM A FINAL DA TAÇA
DA LIGA (AOS 90M) E JOGOS
DA ESPANHA E ITALIA.



JOGOS A CONTAR:

1-PORTO-BENFICA
2-PALERMO-INTER
3-REAL MADRID-GIJON
4-ZARAGOZA-BARCELONA
.

.................(1)...(2)...3)....(4)
.
VITOR SANTOS.....0-3...0-3...3-0...0-3
CARMEN............0-2...1-3...3-0...1-2
NUNO MATOS......1-1...0-2...3-1...0-3
FRANCISCO.........1-1...0-1...2-0...0-2
LEONOR.............1-1...0-2...2-1...1-3
LIGIA................0-2...0-1...2-0...0-2
PEDRO PEREIRA....0-2...0-3...5-0...0-3
VALENTE............2-1...1-1...1-1...1-2
HERDEIRO...........1-2...1-2...2-0...0-2
MENDONÇA.........1-2...1-2...3-0...0-2
AZEVEDO............2-1...1-1...4-2...1-2
PEIXOTO.............1-2...1-0...3-0...1-3
JOÃO ROQUE.......1-2...0-1...3-1...1-3
SORAIA...............0-1...0-2...2-0...1-2
CELIA................2-1....0-2...2-1...0-2
JOÃO MORAIS.......1-1...1-2....3-1....1-3

Na geral ESTAMOS assim:

1.NUNO MATOS......11..(REV-PORTUGAL-ESPANHA/BENFICA)
..LEONOR.............11..(GRP.DESK/SPORTING)
2.Valente.............12..(GRP.DESK/SPORTING)
3.Ligia................15..(CHF.REV/BENFICA)
4.João Morais.......16..(TAP-COPENHAGEN/SPORTING)
..Soraia..............16..(CODESAHRES-BENFICA)
5.Mendonça..........17..(EX-RC-LISRY/SPORTING)
..Celia...............17..(CODESHARES-SPORTING)
6.Carmen............19..(B.OFFICE/BENFICA)
7.Azevedo...........20..(EX-RC-LISRY/SPORTING)
..Peixoto...........20..(EX-RC-CALL CENTER/BENFICA)
..Francisco..........20..(REV-AFRICAS/SPORTING)
8.João Roque.......21..(TAP-GENEVE/SPORTING)
9.Vitor Santos.......22..(B.OFFICE/ATLETICO)
10Herdeiro..........25..(EX-RC/SPORTING)
11Pedro Pereira....30..(B.OFFICE/BENFICA)

LIGA EUROPA

.
SORTEIO DOS QUARTOS DE FINAL

Ao BENFICA calhou o Liverpool

a 19 de março de 1870. ESTREOU-SE A ÓPERA "O GUARANI" de CARLOS GOMES. no SCALA DE MILÃO

.
O GUARANI

Ano de estréia 19 de março de 1870 (140 anos)
Local de estréia Teatro alla Scala, Milão, Itália.

Il guarany (em português, O Guarani) é uma das óperas do compositor brasileiro Antônio Carlos Gomes. É uma ópera em quatro atos, em italiano como o libreto de Antônio Scalvini baseado no romance de José Alencar, O Guarani e estreou no Teatro Scala de Milão, na Itália, em 19 de março de 1870, fazendo um grandioso sucesso. A ópera Il guarany tem como maior destaque a sua abertura. Esta é até hoje muito interpretada, além de muito conhecida por ser o tema do programa a Voz do Brasil.

"O Guarani" é a terceira ópera de Antônio Carlos Gomes - a primeira escrita em solo europeu - e a que o projetou internacionalmente. A ópera é dividida em quatro atos. Com libreto de Antônio Scalvini, concluído por Carlo D'Ormeville, "O Guarani" estreou em 19 de março de 1870 de forma triunfal no Scala de Milão. No Brasil, estreou no mesmo ano. Foi ouvida 32 vezes no Scala e depois seguiu para Florença, Gênova, Ferrara, Londres, Vicenza, Treviso, Turim, Palermo, Catânia, Reggio Emilia, Lugo, Buenos Aires, Varsóvia, Rio de Janeiro, Montevidéu, Paris, São Petersburgo e Moscou, totalizando 231 apresentações em 8 anos.

Inspirada no romance homônimo de José de Alencar, "O Guarani" transcorre no Brasil de 1560, no litoral do Rio de Janeiro, onde os índios aimorés e guaranis estão em guerra. Cecília (Cecília), filha de Dom Antônio de Mariz, velho fidalgo português e chefe dos caçadores de uma colônia lusitana, está comprometida a casar-se com Dom Álvaro, um aventureiro português, que por sua vez, está prometido a uma índia aimoré. Mas Cecília apaixona-se pelo índio Peri, líder da tribo guarani, que por corresponder ao amor da menina, resolve apoiar os caçadores em sua luta contra os aimorés. Gonzales, outro aventureiro português, hóspede de Dom Antônio, planeja trair os companheiros, sequestrando Cecília, mas Peri descobre o plano e impede a tentativa. Pouco depois, Peri é aprisionado pelos guerreiros.

Ciente do amor entre Peri e Cecília, o cacique resolve sacrificá-los. Com a repentina chegado do velho Dom Antônio e seus companheiros, tudo se acalma, mas uma nova traição de Gonzales faz com que Dom Antônio e Cecília sejam encarcerados em seu próprio castelo. Peri vai em busca da amada, pois sabe que D. Antônio pretende matar-se e levá-la consigo. Peri implora para salvar Cecília e o pai dela, emocionado com o amor entre os dois, batiza Peri, tornando-o cristão. Cecília e Peri fogem e, ao longe, vêem a explosão do castelo com D. Antônio, que sacrificou a vida para salvar a da filha, ao lado dos inimigos.

Sob o ponto de vista romântico, portanto, "O Guarani" narra uma história de amor, em que Cecília desperta paixão, simultaneamente, em quatro homens: Gonzales, Dom Álvaro, o Cacique Aimoré e Peri. Para os dois quase adolescentes - Cecília tem 16 anos e Peri, 18 -, é a descoberta do amor de forma pura, que começa com a amizade e se desenvolve de forma arrebatadora, transpondo as diferenças étnicas e culturais do casal.
Mas "O Guarani", contudo, permite outros tipos de leitura. A ópera também retrata a história verídica da dizimação dos índios Aimorés. Igualmente, mostra o interesse econômico de Espanha na colônia portuguesa na figura do aventureiro Gonzales - embora deseje Cecília, ele tem como principal objetivo dominar a todos para poder explorar uma mina de prata cuja existência e localização são mantidas em segredo.

Além disso, a ópera evidencia a vida difícil dos primeiros colonizadores portugueses em terras brasileiras e relata, através da personagem Cecília, o vertiginoso processo de amadurecimento que os jovens estrangeiros eram obrigados a enfrentar. Cecília, que no primeiro ato mostra-se uma adolescente frágil, amadurece durante o espetáculo. Convivendo com perdas, medos, insegurança, transforma-se numa mulher forte, capaz de tomar decisões difíceis e disposta a enfrentar qualquer dificuldade. Seu desenvolvimento é proposto claramente pelo compositor também no amadurecimento musical das peças cantadas pela personagem.
Ao final do quarto ato todos os personagens morrem, restando vivos apenas Cecília e Peri. Este final carrega todos os elementos simbólicos da formação da Nação Brasileira.

Personagens

Il guarany.Gonzales, (aventureiro espanhol, hóspede de Don Antônio) barítono
Don Álvaro, (aventureiro português) tenor
Rui Bento, (aventureiro espanhol) tenor
Alonso, (outro aventureiro espanhol) baixo
Don Antônio de Mariz, (velho fidalgo português) baixo
Peri, (cacique da tribo dos Guaranís) tenor
Cecília, (filha de Don Antônio) soprano leggero
Pedro, (homem de armas de Don Antônio) baixo
Cacique, (chefe da tribo dos Aimorés) baixo ou barítono

quinta-feira, março 18, 2010

preliminares

.
O tema daquela aula era "o medo", e a professora pergunta:
- Pedrinho, do que é que tu tens mais medo?
- Da mula sem cabeça, fessôra.
- Mas Pedrinho, a mula sem cabeça não existe. É apenas uma lenda, logo não precisas de ter medo. E tu, Mariazinha, do que é que tens mais medo?
- Do Saci Pererê, fessôra.
- Mariazinha, o Saci Pererê também não existe: é apenas outra lenda, não precisas de ter medo. Então e tu, Joãozinho, do que é que tens mais medo?
- Do Malá Men, fessôra.
- Malá Men? ...nunca ouvi falar. O que é o Malá Men?
- Quem ele é eu também não sei, só sei é que todas as noites ouço a minha mãe dizer: "Não nos deixeis cair em tentação e livrai-nos do Malá Men"...

A TRUDY E O PEDRO GUEDES VAZ ESTÃO DE SERVIÇO ESTA NOITE

.
A Trudy e o Pedro estão de "quatro-meia-noite"
A Tranca está com eles.


Trudy, lembras-te deste passeio que demos a bordo deste boeing? e do cornaca a ouvir o relato?

eles disseram

.
A criança nasce, não numa família mas numa pista de atletismo, com as barreiras da praxe: jardim-escola aos três, natação aos quatro, lições de piano aos cinco, escola aos seis, e um exército de professores, explicadores, educadores e psicólogos, como se a criança fosse um potro de competição.·
Eis a ideologia criminosa que se instalou definitivamente nas sociedades modernas: a vida não é para ser vivida - mas construída com sucessos pessoais e profissionais, uns atrás dos outros, em progressão geométrica para o infinito. É preciso o emprego de sonho, a casa de sonho, o maridinho de sonho, os amigos de sonho, as férias de sonho, os restaurantes de sonho.
(JOÃO COUTINHO)
.
Abriu a época de caça ao Jesualdo Ferreira, sobretudo entre os comentadores afectos ao F.C.Porto
(MIGUEL GÓIS)
.
PEC prevê que Cavaco esteja a tomar conta dos netos em 2011
(INIMOGO PUBLICO)
.
Luis Filipe Vieira acalmou os benfiquistas dizendo: Não se assustem com o passivo porque não pretendemos pagar.
(INIMIGO PUBLICO)
(

O BANQUEIRO

.
O BANQUEIRO

Certa tarde, um famoso banqueiro ia para casa, em sua enorme limousine, quando viu dois homens à beira da estrada comendo relva. Ordenou ao seu motorista que parasse
e, saindo, perguntou a um deles:
- Por que vocês estão comendo relva?
- Não temos dinheiro para comida.. - disse o pobre homem - Por isso
temos que comer relva.
- Bem, então venham à minha casa e eu lhes darei de comer - disse o banqueiro.
- Obrigado, mas tenho mulher e dois filhos comigo. Estão ali, debaixo
daquela árvore.
- Que venham também - disse novamente o banqueiro. E, voltando-se para
o outro homem, disse-lhe:
- Você também pode vir.

O homem, com uma voz muito sumida disse:
- Mas, senhor, eu também tenho esposa e seis filhos comigo!
- Pois que venham também. - respondeu o banqueiro.
E entraram todos no enorme e luxuoso carro.
Uma vez a caminho, um dos homens olhou timidamente o banqueiro e disse:
- O senhor é muito bom. Obrigado por nos levar a todos!
O banqueiro respondeu:
- Meu caro, não tenha vergonha, fico muito feliz por fazê-lo! Vocês
vão ficar encantados com a minha casa... A relva está com mais de 20
centímetros de altura!
Moral da história:
Quando você achar que um banqueiro (ou banco) o está a ajudar, não
se iluda, pense mais um pouco..no finalzinnho é ele que ganha sempre.

preliminares

.
Um sujeito trabalhava há anos numa fábrica de conservas no Algarve, e um dia, confessou a mulher que estava possuido por um terrivel desejo: a vontade incontrolavel de colocar o penis na cortadora de pickles.
Espantada, a mulher sugeriu que ele procurasse um psicologo, e o Marido prometeu que iria pensar no assunto.
O tempo foi passando, ate que um certo dia, ele chegou a casa cabisbaixo, profundamente abatido:
O que aconteceu amor?
Lembras-te do meu desejo de enfiar o penis na cortadora de pickles?
Oh nao! - Gritou a mulher - Fizeste isso?!?
Sim fiz!
Meu Deus, o que aconteceu?
Fui despedido...
Mas, e... a cortadora de pickles...?
Aahh, a Berta! Tambem foi despedida!.....

MAGUSTO LARANJA EM MAFRA

.

No ultimo fim de semana ,no incio do chamado "Congresso" do PSD, quando ainda não se sabia muito bem o que seria aquele encontro laranja, houve alguém que perante a indefinição do tempo que deveria durar e o que se ia tratar, que lançou um proposta que pôs a sala a rir-.
"que em vez de congresso o encontro fosse transformado em MAGUSTO...!!!

quarta-feira, março 17, 2010

CIMEIRA DE GRAÇA DO DIVÔR-ÉVORA, 25 DE MARÇO

.


Em Évora, ao saber-se que a nossa próxima Cimeira vai ter lugar numa localidade do
Municipio, milhares de pessoas afluiram ao centro da Cidade manifestando a sua alegria pela nossa escolha.

O senhor Tomé da farmácia dirigiu-se ao móvel de reportagem da Tranca e pediu-nos:
-Sabem se o senhor Professor Canelas também vem?
Dissemos-lhe que pensávamos que sim, e perguntámos-lhe o porquê do interesse na vinda do Canelas.
-É que ele sabe tudo sobre os astros, e queria perguntar-lhe umas cenas sobre o meu futuro.

O PROFESSOR DE CIÊNCIAS PSICO-FISICAS FERNANDO CANELAS EM ACÇÃO

Att Canelas
Como vês tens gente à espera, traz os alfarrábios ,tens muito que fazer no Alentejo...